Renato Aragão (Didi): Carreira, Filmes, Programas

Renato Aragão muito conhecido pelos programas Os Trapalhões

Carreira

Quando estudava Direito no interior do Ceará, Antônio Renato Aragão jamais poderia imaginar a fama que teria no futuro com um personagem simples, ingênuo e acima de tudo bem humorado, o Didi. Nascido em 1936, o ator acumula também as funções de diretor, produtor, escritor, cantor e apresentador.

Apesar da formação acadêmica como advogado, aos 24 anos Aragão venceu um concurso da TV Ceará e se tornou realizador de programas televisivos, nas áreas de direção e produção. Logo, passou a trabalhar como ator. Aos 28 anos, mudou-se para o Rio de Janeiro, mudança essa que determinaria os passos seguintes de sua carreira.

Programas

Na capital carioca, foi contratado pela TV Tupi e posteriormente pela TV Excelsior, onde teve a chance de criar seu próprio programa humorístico, Os Adoráveis Trapalhões. A fórmula, bem sucedida na época, marcou toda a trajetória do humorista, e se tornou consagrada em 1974, com a estreia de Os Trapalhões na TV Tupi.

No clássico programa, Aragão assumiu a identidade de Didi Mocó, um atrapalhado personagem que passava por situações engraçadas ao lado dos companheiros Dedé, Mussum e Zacarias.

Filmes

O quarteto estrelou vários filmes de grande sucesso, principalmente na década de 80, entre eles os premiados O Cangaceiro Trapalhão, Os Vagabundos Trapalhões, e Os Trapalhões e a Árvore da Juventude. Aragão filmou também com Pelé, no Maracanã, em Os Trapalhões e o Rei do Futebol, longa metragem de 1986.

A empresa responsável pela produção dos filmes, programas de televisão e shows dos Trapalhões era a Renato Aragão Produções Artísticas Ltda. O grupo entrou até para o Guinness, o livro dos recordes, como o humorístico brasileiro de maior tempo no ar na televisão. No entanto, depois do falecimento de Zacarias e Mussum, Aragão passou a um novo formato de programa, com A Turma do Didi, na Rede Globo.

Prêmios na Carreira

Entre os reconhecimentos que recebeu em sua carreira, destacam-se os títulos de Cidadão e de Personalidade Ilustre do Estado do Rio de Janeiro. Outra de suas grandes realizações foi se tornar representante especial e embaixador da UNICEF, por sua luta em favor da infância brasileira. Também foi condecorado chanceler da Ordem do Rio Branco e oficial da Ordem Nacional do Mérito Educativo.

Nos anos 90, recebeu o título de Cidadão Paulistano. Em 2011, foi homenageado pela escola de samba X-9 Paulistana, com o enredo “De eterna criança a embaixador da esperança: Renato Aragão, Didi Trapalhão”.

Fotos de Renato Aragão ( Didi)

Relembre o programa os Trapalhões