Atualizado em: 8 fevereiro 2012

MTV e Casa dos Autistas Rende Multa de 40 mil

A MTV terá que indenizar Família dos Jovens Autistas de São Paulo, que entraram na Justiça por danos morais, com a exibição do quadro “Casa dos Autistas”, do programa “Comedia MTV”. Saiba Mais sobre o Caso.

MTV cria Casa dos Autistas, em alusão a Casa dos Artistas do SBT e se dá mal com multa de 40 mil.

Os pais de Renato e Rafael, dois meninos autistas, ganharam a estância na justiça paulista de receber uma indenização do Grupo Abril detentora da MTV e Casa dos Autistas, que rendeu uma multa de R$40mil.

Para juiz, cena é gravíssima

Carlos Braga e Ana Maria Carvalho, pais dos meninos, entraram na justiça devido a exibição realizada pela emissora em março desde ano, no quadro chamado “Casa dos Autistas”, que é parte do programa humorístico “Comédia MTV”. Ao simular por três minutos os hábitos dos autistas, os atores atribuíram gritos e urros para relacionar as pessoas com esta deficiência o que causou uma indignação dos pais dos meninos.

publicidade:

O próprio Juiz da 24° Vara Cível de São Paulo relatou que a cena causou não apenas aos meninos, mas sim danos gravíssimos a todos os autistas e suas famílias, não aceitando o argumento da emissora de que as imagens foram exibidas apenas uma única vez, pois se alastrou mais pela internet. O autismo pode ocasionar ausência na comunicação e interação social, mas varia para cada pessoa.

Multa

A indenização tinha um pedido de R$ 100 mil reais, mas a empresa terá de pagar a família R$ 40mil reais, pela ofensa. Ana Maria, mãe dos meninos ainda comentou: “Acima do valor financeiro, que não era a nossa preocupação, a sentença me lavou a alma. O juiz entendeu a nossa sensação diante da agressão sofrida e marcou a história de lutas por respeito não só dos autistas, mas de vários outros grupos sociais”, citou Ana Maria Carvalho, sobre a decisão e a vitória nos tribunais. A MTV ainda não veio a público se pronunciar, pois ainda não foi notificada oficialmente.

Comentários

Chamada do programa, com Marcelo Adnet, humorista e apresentador da MTV.

Alguns humoristas deram sua opinião sobre o ocorrido. Marcelo Madureira comentou que antigamente nos anos 70, o pessoal do até então jornal “Casseta Popular”, elaboraram listas de piadas sobre negros, mas lembra: “Hoje não posso caçoar de aeromoça, garçom, enfermeira, porque há uma indústria do processo”.

O comediante, Paulinho Serra, que participou do quadro “Cada dos Autistas”, lamentou o fato e ainda relatou: “Tenho medo de ser preso a qualquer hora por fazer uma piada no palco”, afirma o humorista. Ele ainda reforçou que esta perseguição ao humor é uma babaquice, pois ele lembra que na época eles cansaram de fazer retratação e dar esclarecimentos sobre o autismo.

Ele encerrou dizendo que está chateado pelo caminho desta condenação. Ainda lembra que  no país muitos perseguem e querem prender os humoristas Danilo Gentili e Rafinha Bastos por suas piadas e ao tentar reprimi-los acabam processando para isso. O ator e diretor Miguel Falabella também deixou seu comentário sobre como é impossível se fazer humor sem ofender. Falabella afirmou: “A base do humor é o politicamente incorreto. Ao pé da letra, qualquer piada de gay ou de gordo pode ofender”, disse o ator.

Caso repercute na mídia

Veja o vídeo e reportagem do Domingo Espetacular da Record sobre o caso:

Opine!

O fato é que os limites existem e quando são excedidos acabam sofrendo por seus próprios excessos. A MTV terá que indenizar a família dos meninos com este valor e a discussão vai continuar por muitos dias não somente em relação ao caso, mas a esta certa repressão ao humor, que às vezes pode ser mal interpretada pelo próprio público brasileiro. E você, o que pensa disso tudo? Comente.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook