Frases e Bordões de Felix em Amor à Vida

images (7)

Religiosos criticam bordões de Félix em ‘Amor à Vida

A novela Amor à Vida finalmente conseguiu decolar, depois de um início complicado, especialmente quando as pessoas insistiam em comparar a trama com Avenida Brasil, que realmente conseguiu gerar um buzz que não se via há muito tempo com uma trama das nove da emissora carioca.

Sobre a Trama

Mas Amor à Vida deve muito do sucesso que está tendo agora a alguns personagens específicos que conseguiram cair no gosto do público logo de cara, como é o caso do vilão Félix. Interpretado pelo ator Matheus Solano, Félix é um homossexual filho do Dr. Cesar, dono de um grande hospital.

Durante o início da trama o vilão escondeu o fato de ser gay da sua família, mas na metade da trama ele acabou sendo descoberto, o que acabou rendendo algumas mudanças na vida do personagem. Mas um fato curioso sobre o personagem é que ele conseguiu se manter, desde o início da novela, como um personagem que ao mesmo tempo fazia coisas horríveis mas que acabava fazendo o público rir.

Os Bordões

E um dos grandes motivos são os bordões que o personagem acabou declamando ao longo da trama. É claro que não demorou muito para que o personagem e suas frases fossem parar nas redes sociais. Diversas páginas e perfis do personagem acabaram sendo criados especialmente para brincar com as frases e os bordões de Félix.

Na maioria dos casos o objetivo dos bordões é tirar sarro com alguma pessoa, demonstrando sempre um lado irônico do personagem. Mas apresar de deixar as pessoas rindo em casa, existem também aquelas que se sentem ofendida. Recentemente representantes da igreja católica fizeram duras críticas aos bordões do personagem com citações bíblicas. Mas o autor da trama, Walcyr Carrasco já avisou que não via mudar a trama.

Frases de Félix

“Eu cobrei pedágio na travessia do mar Vermelho”, “Só posso ter colado chicletes no cabelo de Jesus Cristo”
“Será que piquei salsinha na tábua dos Dez Mandamentos?”
“Lavei minha cueca na manjedoura'”
“Eu abri uma frestinha na porta do armário, dei uma escapadinha para fora, mas eu volto. Entro dentro do armário, tranco a porta com cadeado. Eu juro”