Atualizado em: 21 junho 2011

Vários executivos da Skype deixam a empresa

Após a compra da Skype pela Microsoft já podemos perceber algum movimento fora do comum. Oito executivos deixaram a companhia segundo nota oficial do Skype.

Vários executivos da Skype deixam a empresaApós a compra da Skype pela Microsofta, esperávamos que algumas coisas fossem mudar, e há algumas semanas pudemos ver que jogos no mesmo estilo que há no Live Messenger foram adicionados ao famoso programa de comunicação.

O que eu não esperava era uma debandada de executivos, mas foi exatamente o que aconteceu. Não se sabe se pediram demissão ou se foram demitidos, porém oito funcionários com altos cargos deixaram a empresa após sua compra pela Microsoft, foi o que disse o porta voz da Skype nesta segunda-feira (26).

publicidade:

Os funcionários que não fazem mais parte da companhia são: David Gurle, vice-presidente e gerente do Skype for Business; Don Albert, vice-presidente e gerente da Americas Advertsing; Doug Bewsher, diretor de marketing; Christopher Dean, chefe de desenvolvimento de negócios do mercado para o consumidor; Russ Shaw, vice-presidente e gerente; e Anne Gillespie, chefe de recursos humanos.

Além dos funcionários citados, dois outros que passaram a trabalhar para a companhia também estão fora. São eles, Ramu Sunkara, fundador da Qik e seu vice-presidente sênior, Allyson Campa. Qik é um aplicativo de transmissão de vídeo em tempo real para plataformas móveis comprado há alguns meses pela Skype.

Embora a venda da Skype tenha sido realizada há aproximadamente um mês, ela ainda precisava ser aprovada pelo Federal Trade Commission, um órgão norte-americano responsável por homologar este tipo de transação de grande porte. Na última quinta-feira (16), porém, o Federal Trade Commission aprovou a transação e agora a Microsoft espera obter as regulatórias necessárias até o fim do ano.

A Microsoft irá incorporar o Skype ao Xbox, Kinect, Windows Phone e outros serviços de comunicação, como o Lync e o Outlook.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook