Atualizado em: 13 janeiro 2011

Usuários do iPhone caem mais em Phishing


Como noticiado na Enterprise Mobile Today, os peritos da Trusteer revelam que os cibercriminosos são especialmente bem sucedidos quando tentam obter informação pessoal dos usuários de iPhones.

Para chegar a esta conclusão, a Trusteer analisou vários servidores que hospedam arquivos maliciosos, e caracterizou os visitantes destes sites de acordo com os equipamentos que usam e as horas em que ocorrem.

publicidade:

Os investigadores da Trusteer justificam a maior disposição dos usuários de smartphones e tablets para visitar sites suspeitos pelo fato dos dispositivos móveis acompanharem, na maioria das vezes, os proprietários durante as 24 horas de cada dia. Naturalmente isto aumenta exponencialmente a probabilidade dos usuários caírem num esquema fraudulento.

“As duas horas que se seguem ao lançamento do ataque de phishing são determinantes. Depois desse período, a maioria dos ataques é bloqueada pelos filtros de segurança”, atenta Mickey Boodaei, administrador da Trusteer.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook