Atualizado em: 10 janeiro 2011

UltraViolet: Downloads legalizados em qualquer lugar

Esta é mais uma das gravadoras e grandes produtores de conteúdo. Eles não ficaram nada satisfeitos, primeiro com a possibilidade de se copiar seus CDs, depois DVDs, e aí passamos a compartilhar arquivos pela Internet. Este grupo perdeu bilhões com a pirataria e está sempre, embora timidamente, tentando correr atrás do prejuízo.

publicidade:

Eu sei que esta notícias não faz muita diferença para você, e confesso que pra mim também não faz, mas quero que você, assim como eu fique por dentro de qualquer coisa que possa colocar fim a nossa liberdade digital.

O Ultraviolet possibilita a execução de conteúdos digitais comprados em qualquer lugar em diferentes equipamentos. Depois de comprado, o material é associado a uma conta de usuário e armazenado na cloud. Os conteúdos ficam, assim, acessíveis através de múltiplas plataformas, como televisões conetadas à internet, computadores ou set top boxes.

A DECE, o consórcio do qual fazem parte a Warner Brothers, a Netflix, a Sony ou a Microsoft, afirmou que cada conta pode ser utilizada por seis consumidores e que podem ser registados até 12 equipamentos através dos quais será possível aceder aos conteúdos comprados. O consórcio DECE não conta com a presença da Disney ou da Apple. Para mim não faz falta mesmo!

Os críticos afirmam que o UltraViolet vai ter de enfrentar desafios como a administração dos direitos digitais dos conteúdos ou a produção de software para impedir as cópias não autorizadas.

De acordo com a Cnet, o material adquirido vai ser suportado pelos equipamentos iPad e iPhone através de uma aplicação criada pela Netflix.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook