Atualizado em: 3 maio 2011

Twitter compra TweetDeck

TweetDeck, o popular aplicativo cliente do Twitter, foi comprado pelo Twitter por 50 milhões de dólares com a suspeita de que seu comprador irá descontinuá-lo.

tweetdeck-iphone-beta-1-300x450O boato sobre a compra de TweetDeck pelo Twitter parece estar confirmado, e as fontes falam de um número entre 40 e 50 milhões de dólares.

O TweetDeck é um aplicativo cliente do Twitter e outras redes sociais de propriedade da Ubermedia. Há versões para celulares e computadores que te dão muito mais funcionalidades do que se você usasse o Twitter através do seu site. O que não sabemos até o momento é a razão da compra. Será que o Twitter comprou o aplicativo para descontinuá-lo?

publicidade:

O site TechCrunch informa que a transação será anunciada oficialmente nos próximos dias, e que inclui dinheiro e ações do Twitter. Segundo suas fontes, a decisão do Twitter é defensiva e responde ao crescente papel que a  UberMedia está tendo em seu ecossistema. Poderia ser medo da Ubermedia se tornar mais importante que o próprio Twitter. Sem querer ficar melodramático, esta compra pode ser o início do fim do TweetDeck, uma pena na minha opinião.

Ryan Sarver , diretor da plataforma Twitter anunciou aos desenvolvedores que deixem de criar aplicativos cliente, uma vez que esta é uma área que a empresa pretende gerir, em um esforço para oferecer aos usuários uma experiência consistente. Em fevereiro, informaram sobre o fim das “listas brancas” para o Twitter, que tinham a prerrogativa usar muito mais capacidade dos servidores da empresa que o restante dos aplicativos.

Permitir aos usuários verem sua timeline junto com as atualizações no Facebook e LinkedIn, ao mesmo tempo em que escrevem mais de 140 caracteres usando o Deck.ly realmente não cremos que seja a “experiência uniforme” a que se referiu Sarver.  É o velho caso do interesse de poucos (Twitter) sobrepujando o interesse de muitos (usuários).

Mas o fato é que os usuários do TweetDeck estão satisfeitos com seu desempenho e, assim como eu, encontram nele muitas funcionalidades que aumentam muito a produtividade. Antes de fechá-lo ou reduzir a sua capacidade, o Twitter deveria ter em conta o impacto que sua imagem pode sofrer.

Via TechCrunch

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook