Atualizado em: 12 outubro 2011

Supercomputador pesquisará combustíveis do futuro

O desempenho de Titan será de 2.3 quatrilhões de cálculos matemáticos por segundo e será usado para uma variedade de projetos importantes relacionados com a geração de energia.
Supercomputador da Cray

Supercomputador da Cray

A pedido do governo dos Estados Unidos, a companhia privada Cray está desenvolvendo o computador mais rápido do mundo, apelidado de “Titan”, cujo objetivo é a pesquisa de energias do futuro.

Em um comunicado divulgado na terça-feira (11), a Cray Inc. revela que assinou um acordo com o governo norte-americano para melhorar o desempenho do atual supercomputador do Departamento de Energia (DOE), “Jaguar”, que será rebatizado para “Titan”.

publicidade:

O supercomputador, que se encontra no Laboratório Nacional de Oak Ridge, do DOE, será equipado com os mais recentes chips de fabricantes californianos, tais como AMD e NVIDIA.

Painel do Titan

Painel do Titan

O desempenho de Titan será de 2,3 quatrilhões de cálculos matemáticos por segundo, ou 2,3 petaflops.

Um petaflop é uma medida de velocidade de processamento de um computador, equivalente a um quatrilhão de operações por segundo, ou 1015.

A capacidade máxima deste supercomputador irá variar entre 10 e 20 petaflops, e seu lançamento está previsto para o início de 2013.

Com esta velocidade, o Titan será pelo menos duas vezes mais rápido e três vezes mais eficaz em termos de energia que o computador mais rápido da atualidade, situado no Japão”, é o que revela a NVIDIA, maior fabricante mundial de placas de vídeo.

O laboratório explicou que a poderosa máquina será dedicada a trabalhar com temas como: biocombustíveis, biomassa, como consumir mais combustível e poluir menos, para o desenvolvimento de novos materiais para células fotovoltaicas que produzem energia solar, e como prolongar a vida útil de usinas de energia nuclear.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook