Atualizado em: 10 março 2011

Sistema sofisticado detecta origem de e-mails anônimos

Benjamin FungUma equipe de cientistas da Concordia University desenvolveu uma nova maneira para identificar a autoria de e-mails anônimos. Sim meu rapaz, seus momentos de vandalismo eletrônico podem estar chegando ao fim.

Esta nova técnica chamada White Print , tem confiabilidade o bastante para ser considerada como prova em um tribunal, como é o caso de processos envolvendo calúnia, ameaças de morte, proliferação de vírus, pedofilia, crimes de racismo e qualquer outra atividade ilícita que envolva transmissão via e-mail.

publicidade:

Sabemos que o método mais usado atualmente para localizar um cybercriminoso é o seu endereço IP, porém nem sempre este método é eficaz o suficiente. Muitas vezes o IP em questão é compartilhado com centenas de usuários, dificultando e até mesmo, impedindo a localização do suspeito.

O professor Benjamin Fung e sua equipe, desenvolveram uma maneira confiável e eficaz para determinar entre vários suspeitos, qual teria enviado os e-mails objeto de investigação.

O White Print tem um algoritmo sofisticado que busca padrões frequentes, usando como material, o estilo de gramática, ortografia, erros e outras características que se repetem nos e-mails. Segundo Fung, o sistema permite determinar a idade, sexo, nacionalidade e educação de uma pessoa.

Para testar a precisão da sua técnica foram analisados ​​200.000 e-mails escritos por 158 funcionários da Corporação Enron. Eles tomaram uma amostra de 10 e-mails de 10 voluntários e foram capazes de identificar o autor com uma precisão de 80 a 90 por cento.

Via Ubergizmo

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook