Atualizado em: 18 junho 2011

SEGA atacada por hackers

A empresa japonesa especializada em videogames SEGA, sofreu um cyberataque ao seu banco de dados que levou ao desligamento temporátio dos serviços online.

SEGA atacada por hackersUm acesso não autorizado ao seu banco de dados levou a SEGA a fechar o seu serviço online SEGA Pass, de acordo com um porta-voz que confirmou à agência de notícias Reuters que a empresa já havia informado a seus usuários da falha de segurança através de uma mensagem enviada por e-mail.

O ataque a esta plataforma online, que permanece fechada desde quinta-feira, não teria afetado os dados sensíveis com meios de pagamento (cartões de crédito, contas bancárias, etc.) dos usuários, de acordo com a SEGA.

publicidade:

A SEGA junta-se à lista de prestadores de serviço de jogos online afetadas por ataques de hackers nas últimas semanas e incluem, entre outros, Sony, Microsoft e a desenvolvedora de jogos Bethesda.

No caso da Sony, os ataques causaram um estrago sem precedentes para este setor de mercado. Ao todo, os piratas de computador tiveram acesso aos dados de 100 milhões de usuários das plataformas online da empresa japonesa. Entre os maiores prejudicados, estão os usuários da Playstation Network.

O grupo hacker Lulzsec, que esta semana informou através de sua conta no Twitter que tinha roubado os dados do banco de dados da Bethesda, foi rápido em negar qualquer envolvimento no ataque a SEGA ao publicar uma mensagem pedindo a empresa entrar em contato com eles para que possam “destruir” os responsáveis.

A atitude do grupo hacker Lulzsec foi um tanto quanto estranha, já que não é comum ver duelos públicos de grupos desta natureza.

 

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook