Atualizado em: 28 janeiro 2012

Samsung diz que não vai comprar fabricante do BlackBerry

A empresa coreana se manifestou: "Nós não consideramos a compra da empresa e não estão interessados ​​(em comprar a RIM)” disse o porta-voz da Samsung, James Chung.
Sede da RIM, fabricante do BlackBerry

Sede da RIM, fabricante do BlackBerry

A Samsung Electronics disse ontem à noite que não está interessada em comprar a Research In Motion. O informe ocorreu após as ações da fabricante do BlackBerry subirem mais de 10 por cento depois que o blog de ​​tecnologia BoyGeniusReport informou a companhia canadense estava fazendo de tudo para ser comprada pela Samsung.

A Research in Motion, mais conhecida como RIM, fabrica o Blackberry. Aquele telefone gordinho com teclado QWERTY voltado para o mercado empresarial. Algumas pessoas, entretanto, o consideravam sinônimo de status, uma condição que obviamente não se configura mais na presente época.

publicidade:

A RIM, tal como a Yahoo, é outra empresa vítima de má gestão, fruto de não ter acompanhado as rápidas mudanças do universo tecnológico.

Modelos de BlackBerry

Modelos de BlackBerry

Samsung nega compra da RIM

A empresa coreana se manifestou: “Nós não consideramos a compra da empresa e não estão interessados ​​(em comprar a RIM)” disse o porta-voz da Samsung, James Chung.

Em uma negativa comum no mercado, Chung também disse Samsung não houve qualquer abordagem pela empresa canadense para uma possível compra.

O site BoyGeniusReport citou uma fonte não identificada, dizendo que o co-CEO da RIM, Jim Balsillie, se reuniu com empresas interessadas em adquirir licenças do seu software ou comprar toda ou parte da RIM. A Samsung e estaria liderando o processo.

As ações da RIM negociadas na bolsa eletrônica Nasdaq subiram 8,04 por cento, fechando em 17,47 dólares. Nas operações que se seguiram após a declaração da Samsung, os papeis caíram 3,5 por cento, valendo 16,86 dólares.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook