Atualizado em: 5 março 2012

Robô japonês é capaz de encontrar objetos perdidos

O robô pesa 14 quilos, e suas pernas se dobram para facilitar o transporte de objetos. As rodas têm uma tecnologia que ajuda o aparelho a fazer curvas suaves.
Você Sabia?
Um robô é um dispositivo eletromecânico ou biomecânico capaz de realizar trabalhos de maneira autônoma, pré-programada, ou através de controle humano. Os robôs são comumente utilizados na realização de tarefas em locais mal iluminados, ou ambientes sujos ou perigosos para os seres humanos.

O robô japonês é branco e vermelho, e se chama EMIEW 2, tem a altura aproximada de uma criança com idade de um ano e seis meses, e se move para qualquer lugar com rodas sob as pernas.

Este é um mecanismo que realiza buscas em uma residência, de modo que ajuda o usuário a encontrar um objeto e levá-lo onde quer que esteja.

publicidade:

A mais recente versão do robô que estreou em 2005, desenvolvido pela empresa de eletrônicos Hitachi, é mais do que uma cara bonita. Ele é bastante inteligente, sendo capaz de identificar e localizar objetos que lhe são mostrados, além de conseguir reconhecer rostos humanos.

Robô desenvolvido por Takashi Sumiyoshi (ao fundo)

Robô desenvolvido por Takashi Sumiyoshi (ao fundo)

Objetos identificados por comparação

“O EMIEW recolhe imagens de vários objetos da Internet e os armazena em um banco de dados externo”, disse o desenvolvedor Takashi Sumiyoshi.

“Assim, quando algo é mostrado ao robô, ele comparar a cor e o tamanho com outros objetos. Se você der nome à um objeto, o EMIEW encontra e te mostra onde o objeto está localizado”. Para fazer isto, o robô se comunica com uma rede de câmeras instaladas em torno do ambiente.

O robô pesa 14 quilos, e suas pernas se dobram para facilitar o transporte de objetos. As rodas têm a tecnologia de “controle de posição”, que ajuda o aparelho a fazer curvas mais suaves.

Os desenvolvedores do robô não têm planos para comercializá-lo, mas é provável que dispositivos inteligentes deste tipo se tornem comuns no futuro.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook