Atualizado em: 3 maio 2011

Resultados de eleições canadenses vazam no Twitter

O sistema eleitoral canadense de votação em turnos horários, permitiu que resultados fossem divulgados antes da finalização da votação de todos eleitores.

canada_03Mesmo no mundo ocidental, as regras eleitorais variam muito de país para país. Por exemplo, no  Canadá não é possível publicar resultados preliminares, a qualquer momento durante a votação, pois como há seis faixas horárias para votação, alguns colégios eleitorais seguem abertos enquanto outros já fecharam e dão início a contagem de votos.

Mas uma coisa é convencer os jornais, rádios e redes de televisão para atender essas restrições e pior ainda é fazer isso com todos os cidadãos, quando têm em mãos uma ferramenta de comunicação tão poderosa como o Twitter.

publicidade:

O resultado é que na segunda-feira, dia das eleições presidenciais no Canadá, o Twitter estava cheio de comentários que continham dados da eleição canadense, com uma dose saudável de humor e hashtag # tweettheresults.

“Ei, todos, seguidores de #tweettheresults. Se multarem todos com 25.000 dólares (canadenses), podemos acabar com o defict”, disse Katie Genaro. Outros fizeram referências a “laranjas”, referindo-se a cor dos Novos Democratas, e substituindo os nomes dos partidos por palavras e nomes de grupos musicais com as mesmas siglas. Por outro lado, um tweet irônico com quadrados negros em lugar de números fez algumas pessoas acharem que o Twitter estava censurando os resultados.

A página Tweet the Results, que incentivava os usuários a publicarem os resultados, foi retirada do ar durante as eleições para evitar algum tipo de penalidade, mas não houve freio no Twitter onde os usuários podiam saber como as contagens na costa leste.

Além disso, a televisão CBC divulgou alguns resultados da costa leste, para em seguida, anunciar que eles estavam tendo “dificuldades técnicas”. As autoridades eleitorais do país, observaram que não estavam supervisionando se os resultados estavam sendo publicados na Internet.

Parece claro que, o Twitter acabou exercendo algum tipo de influência no resultado das eleições canadenses, só não sabemos em que intensidade. Por outro lado, sempre que falamos em eleições, me vem à cabeça a dúvida do porque o maravilhoso, rápido, seguro, inexpugnável e inovador sistema eleitoral eletrônico brasileiro não é adotado em outros países, mesmo com problemas logísticos muito maiores que os nossos, como no caso dos Estados Unidos. Por que será heim?

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook