Atualizado em: 16 junho 2011

Projeto Esparta: Facebook com HTML5

Facebook apresenta o Projeto Esparta, que tornará a rede social completamente compatível com HTML 5, driblando o rígido controle exercido pela Apple sobre seus dispositivos.

Projeto Esparta: Facebook com HTML5“Projeto Esparta” é a denominação que o Facebook deu internamente para a versão de sua rede social completamente compatível com HTML 5, e destinada principalmente para trabalhar nos navegadores de dispositivos que usam o o sistema operacional iOS da Apple.

Saber que o Facebook já está há um bom tempo desenvolvendo um aplicativo exclusivo para iPad é um pouco surpreendente, tendo em conta as atualizações que recebia a versão para iPhone.  Mas agora que sabemos desta novidade, podemos averiguar que o ritmo de melhora no aplicativo para o iPhone também desacelerou.

publicidade:

No Projeto Esparta, o Facebook está trabalhando com 80 desenvolvedores externos para conseguir, com HTML5, que o navegador de qualquer dispositivo móvel se torne completamente compatível com tudo que acontece no Facebook sem passar pela App Store. E quando dizemos tudo, isso inclui, por exemplo, jogos.

Diante da estratégia da Apple de contar com uma plataforma exclusiva de jogos que rodam somente com seus padrões proprietários, o Projeto Esparta se torna um duro golpe para a tentativa quase paranoica que a empresa de Steve Jobs tem de controlar tudo que acontece em seus dispositivos.

Com 700 milhões de usuários, o Facebook quer também se tornar plataforma de distribuição de conteúdo. De jogos a serviços multimídia como a Netflix, tudo poderá funcionar no Safari (o navegador da Apple) com o Projeto de Esparta.

A Zynga, desenvolvedora de jogos para redes sociais, como CittyVille, FarmVille e do recem lançado Empires & Allies, deixará de ter que passar pela App Store, onde nunca se sentiu confortável.

Pensemos também em todo o conteúdo baseado em Flash existente na Web que atualmente não roda nos dispositivos Apple. Com o Projeto Esparta, Steve Jobs terá que engolir seco e com areia toda uma enorme gama de aplicativos e principalmente jogos que não mais estarão sob seu controle pois rodarão com HTML 5, no Facebook.

Fonte: Gizmodo

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook