Atualizado em: 17 junho 2011

Laptops Toshiba monitoram suas próprias falhas

Agora todos os laptops da Toshiba, inclusive os modelos mais baratos, contam com a ferramenta Health Monitor, que monitora suas próprias falhas e ajuda no diagnóstico de problemas.

Laptops Toshiba monitoram suas próprias falhasA Toshiba anunciou que estenderá para toda a sua linha de laptops, incluindo os modelos mais básicos, a ferramenta “Health Monitor” que ajuda a detectar precocemente alterações no comportamento dos componentes críticos do computador e que poderiam provocar interrupções súbitas e falhas graves.

O sistema mantém vigilância constante em áreas-chave, tais como a temperatura da CPU e do sistema de arrefecimento, duração da bateria, desempenho do disco rígido e estabilidade da memória, resultados que são apresentados em um gráfico enviado ao usuário para o informar sobre a saúde geral do laptop.

publicidade:

Em caso de falha, o Health Monitor indica a origem exata do problema. Assim, ao levar seu equipamento ao serviço técnico, o usuário não precisará pagar para que um orçamento seja executado. Ele também oferece dicas para o uso correto do dispositivo, ajudando a prolongar a sua vida.

Claro que é impossível prever 100% das falhas, mas depois de uma monitorização extensiva e análises de falhas, a Toshiba descobriu uma série de erros comuns. Na verdade, os engenheiros da empresa dizem que cerca de 40% das falhas relatadas no disco poderiam ter sido evitadas ou foram mal diagnosticadas. Em alguns casos, o departamento de TI para substitui o disco rígido quando na verdade, um outro componente mais barato era o culpado, disse Edgar Gonzalez, diretor geral da Divisão de Computação da Toshiba para a América Latina.

Esse novo recurso permite a detecção precoce de problemas de superaquecimento que muitas vezes causam danos graves na CPU, memória e outras partes críticas do chipset. Da mesma forma, detecta falhas dos discos rígidos, muitas vezes sujeitos a choques e vibrações que causam danos às partes mecânicas, perda de dados e até mesmo seu colapso total.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook