Atualizado em: 15 julho 2011

Jogar videogame mata!

Um jovem estudante universitário sul-coreano de 19 anos, até agora conhecido apenas pelo apelido “Moon”, morreu após uma longa sessão de 12 horas jogando videogame, no último sábado, dia 27 de dezembro de 2010, na cidade de Ulsan.

publicidade:

Muito pouco se sabe sobre as circunstâncias da morte. Ao que parece, o estudante havia entrado num estabelecimento de jogos em rede, conhecido como PC Bang, por volta das 2h00 da sexta-feira (26), onde começou uma jornada de 8 horas ininterruptas em frente ao computador. Moon ainda voltou à sua casa para fazer um rápido lanche, retornado em seguida ao jogo, onde caiu desacordado, por volta das 14h30.

Atendido pelos presentes, o estudante logo foi levado a um hospital próximo, onde os médicos só puderam confirmar sua morte, por causas ainda desconhecidas (jogar videogame mata!).

Na Coreia do Sul, o vício em jogos de videogame é uma das doenças que mais crescem entre os jovens, atingindo mais de 2 milhões deles. De acordo com o jornal britânico The Guardian, existem mais de 20 mil PC Bangs (lanhouses) no país asiático.

O governo local tomou sérias medidas restritivas, como impor o fechamento entre meia-noite e 6h da manhã e proibir o funcionamento destes empreendimentos a menos de 200 metros de escolas. Se for igual ao Brasil, não vai adiantar nada, pelo menos aqui no Rio de Janeiro.

Os investigadores locais não descartam que a morte de Moon tenha alguma ligação com o vício, que até agora aparenta ser a única causa.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook