Atualizado em: 20 maio 2011

Facebook de olho na China

A China, o maior mercado de usuários de Internet do mundo é uma fronteira atraente e lucrativa para o Facebook, que é bloqueado naquelas terras.

china-facebook-usO presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg está planejando sua segunda visita à China, enquanto a maior rede social do mundo está procurando a melhor maneira de expandir no país.

“A missão da nossa empresa é muito clara, nós queremos conectar o mundo”, disse o presidente de operações, Sheryl Sandberg para o Reuters Global Technology. “É impossível pensar em ligar o mundo inteiro agora, sem contato com a China”, acrescentou.

publicidade:

A China, o maior mercado de usuários de Internet do mundo é uma fronteira atraente para o Facebook, que é bloqueado naquelas terras.

Zuckerberg visitou a China em Dezembro e se reuniu com executivos de empresas chinesas de internet como o Baidu, Sina e do Alibaba.

Mas a China, onde o governo exerce um controle acirrado sobre as informações online, tem sido de difícil penetração para as empresas ocidentais. No ano passado, o Google da China, semi-aposentado depois de uma disputa sobre a censura online, disse que ataques cibernéticos aos seus servidores se originaram na China.

“Apesar do que você pode ter lido sobre o assunto, parece óbvio que  Mark Zuckerberg está certo reconhecer a importância da China”, disse Sandberg.

Ele acrescentou que o calendário e agenda da nova viagem de Zuckerberg não estão confirmados, mas é provável que o co-fundador do Facebook volte ao país este ano.

“Nós não sabemos exatamente o que vai sair destas negociações, mas certamente o compromisso é realmente importante. Além disso, Mark realmente gosta de empreendedores de tecnologia”, disse Sandberg. “Ele gosta de se reunir com eles sempre que pode, onde quer que vá” , acrescentou.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook