Atualizado em: 7 fevereiro 2011

Brasil quer incentivar a produção de Tablets

20-tablets

O governo brasileiro estuda incentivos fiscais para empresas que produzem tablets no país, como forma de reduzir o preço desses equipamentos e estimular sua popularização, informou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo de Souza.

publicidade:

O governo “está a rever a sua política industrial e as condições fiscais porque, se eles podem oferecer incentivos para essas empresas, está na hora de discutir isso”, Souza disse em uma declaração à rádio pública.

O ministro disse que há chances de que os tablets portáteis com acesso à Internet estejam incluídos no programa “Computador para Todos”, uma política industrial que oferece diversos benefícios fiscais à empresas que produzem computadores de mesa e laptops no país e levou a uma redução significativa nos preços dos equipamentos.

“Este programa permitiu vender no ano passado mais de 14 milhões de computadores produzidos no país. Se incluirmos os tablets no programa, creio que será possível reduzir significativamente o seu preço”, disse o ministro Paulo Bernardo em comunicado oficial.

Nenhuma empresa brasileira produz tablets, embora algumas já tenham se aventurado com equipamentos semelhantes, e os preços do Ipad no Brasil está entre os maiores do mundo.

O ministro afirma que discutiu o assunto com algumas empresas, incluindo a Positivo Informática, maior fabricante de computadores no país, que já produz um leitor eletrônico e tem planos para produzir tablets.

Fonte: Terra

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook