Atualizado em: 18 maio 2011

Bill Gates por trás da compra da Skype

Bill Gates, presidente não-executivo da Microsoft, revelou que foi um grande incentivador, dentro do conselho da empresa, para a concretização da compra da Skype por 8.5 milhões de dólares.

Bill Gates por trás da compra da SkypeBill Gates, fundador da Microsoft, revelou que defendeu a aquisição da companhia Skype, e instou outros membros do conselho a apoiarem o bem sucedido movimento.

Apesar de ser independente das decisões executivas desde que deixou o cargo de executivo-chefe em 2008, Gates disse que se empenhou sobremaneira para que a compra fosse realizada. “Eu era um forte defensor dentro no conselho para a realização da compra, hoje concluída”, disse o presidente não-executivo da empresa.

publicidade:

Na semana passada, a Microsoft concordou em comprar a Skype por 8.5 bilhões de dólares (13.7 bilhões de reais), um serviço que permite aos usuários se comunicarem de graça através da Internet e agora tem 663 milhões de usuários ao redor do mundo.

Gates disse ao programa HARDtalk da BBC, que a decisão tomada em relação à Skype foi estratégica, ao oferecer melhores oportunidades de vídeo-conferência. “A idéia é que a vídeo-conferência melhore muito em relação ao que existe hoje. Será fascinante ver o que as brilhantes equipes de pesquisadores da Microsoft  poderão fazer para aprimorar o que já existe hoje no Skype”.

A compra da Skype se converteu na maior aquisição da Microsoft, mas o valor estratosférico não dissuadiu Bill Gates de acreditar na idoneidade da compra “Não são ruins os recursos que o Skype oferece. Eu acho que é bom para a Skype, assim como é um grande negócio para a Microsoft “.

Agora este editor e todos os outros usuários do Skype, estamos na expectativa de ver novos recursos e coisas legais sendo implementados no Skype, assim com queremos que a empresa mantenha os atuais preços e resolva rapidamente suspensão do número online no Brasil que ocorreu recentemente por encerramento de contrato com a operadora Transit Telecom.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook