Atualizado em: 27 abril 2011

Apple admite recolher dados de usuários

Após negativas iniciais, a Apple finalmente admitiu que recolhe dados relativos a geolocalização de seus clientes proprietários de iPhones e Ipads.

SteveJobsAppleiPhone4Após a agitação em todo mundo devido a notícia de que o o iPhone e o IPAD registravam seus deslocamentos geográficos, a Apple divulgou hoje um comunicado no qual reconheceu que mantém um banco de dados de pontos de acesso e torres de celular usadas por aparelhos da marca.

A empresa diz que estes dados são utilizados para facilitar a operação do sistema GPS que equipam o iPhone e o IPAD, e são capazes de indicar para o usuário em poucos segundos o local exato onde está.

publicidade:

A Apple, porém, esclarece que a informação é enviada para a Apple de forma “anônima e criptografada, de modo que você não consegue identificar a origem dos dados.”

Na prática, quando um usuário sincronizar seu aparelho com o iTunes, o banco de dados é transferido para o computador, antes de ser enviado para a Apple de forma anônima e criptografada.

Além disso, os proprietários do iPhone e do IPAD podem ativar o sistema de criptografia do iTunes, com objetivo de que a informação fique totalmente criptografada.

Diante disso, a Apple anunciou que a próxima atualização de seu sistema operacional, desabilitará a opção do serviço de posicionamento e apagará completamente a informação armazenada no aparelho.

No comunicado, a Apple aceita que tenha tomado medidas suficientes para explicar os desafios tecnológicos para fornecer um posicionamento rápido e preciso, mantendo a privacidade e a segurança dos usuários.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook