Atualizado em: 19 janeiro 2011

A placa mãe Gigabyte GA-P67A-UD4 com chipset P67

it_photo_158896_52

O lançamento dos processadores Sandy Bridge da Intel foi feito com estrondo ainda no começo de 2011. Agora os fabricantes de placas mãe tem a responsabilidade de produzir modelos para os novos processadores e soquetes disponíveis.

publicidade:

A placa mãe Gigabyte GA-P67A-UD4, é a primeira com a combinação necessária de chipset P67 e socket LGA 1155, e tem lugar de destaque na linha de produtos da empresas. Seus quatro soquetes DIMM permitem receber até 16GB de memória RAM DDR3 num arranjo dual channel.

Há dois slots PCI Express x16 e, embora um deles seja limitado a 8x, mas que deve ser o suficiente para ver ganhos significativos numa configuração dual-graphics.

Enquanto isso, um trio de slots PCI Express x1 e um par de soquetes PCI proporcionam muito espaço para outros tipos de placa de expansão, raramente usadas, mas é sempre melhor ter mais do que menos.

Para conexão de discos rígidos, há um par de conectores SATA 6Gbits/sec, agora tratadas nativamente pelo chipset Intel P67 ao invés de um chip de terceiros. Há também quatro portas SATA 3Gbit/sec. Um par de conectores eSATA está situado no painel traseiro da placa-mãe, ao lado de duas portas USB 3.0. Oito portas USB 2.0, conector de rede Gigabit Ethernet, conectores óticos e coaxiais/PDIF, além de um PS/2 e os habituais seis conectores de áudio.

A Gigabyte GA-P67A-UD4 não é uma placa ruim, mas não oferece nada de verdadeiramente extraordinário e pelo seu preço, talvez seja interessante considerar outras alternativas. Com uma onda de placas P67 entrando no mercado nas próximas semanas, é bom esperar e ver o que os concorrentes têm a oferecer.

Fonte da notícia: Gigabyte Brasil

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook