Atualizado em: 28 abril 2011

Transtornos Mentais e Comportamentais

Tudo sobre Transtornos Mentais e Comportamentais. Como diagnosticar, fatores que causam a doença, sinas e sintomas e tratamento de indivíduos portadores da patologia

Existem muitas patologias no mundo que ainda assombram nossas vidas, pois muitas vezes não só podemos nascer com uma doença, mas adquiri-la no decorrer da vida. Algumas patologias não possuem uma causa definida, pois acabam surgindo de repente devido alguma alteração no nosso organismo ou pela presença de um corpo estranho, transmitido por algum hospedeiro. Ultimamente, muitas patologias psicológicas estão aparecendo e atingindo cada vez mais a população. Um desses problemas que atingem a população são os Transtornos Mentais e Comportamentais. Nesse artigo, iremos discutir o que causa e quais são os tratamentos para os Transtornos Mentais e Comportamentais.

O que são?

Transtornos Mentais e Comportamentais são as condições caracterizadas por alterações mórbidas do modo de pensar ou alterações causadas pelas emoções, ou até mesmo por alterações mórbidas do comportamento associadas a angústia expressiva, além de deterioração do funcionamento psíquico global. Os Transtornos Mentais e Comportamentais são fenômenos anormais ou patológicos que não se constituem dentro da escala do “normal”.

Um curto período de anormalidade do estado afetivo não caracteriza a presença de um distúrbio mental ou de comportamento, pois é preciso que essas anormalidades sejam persistentes ou recorrentes, resultando no mau funcionamento pessoal em diversas ocasiões da vida. Além disso, é preciso que sejam visto os sinais e sintomas específicos, que normalmente seguem um curso natural previsível.

Um dos fatores que pode influenciar a maneira pela qual se manifestam os transtornos mentais, são os diferentes modos de pensar e se comportar, entre diferentes culturas. Mas, as variações normais determinadas pela cultura não devem ser rotuladas como Transtornos Mentais.


O Diagnóstico

O diagnóstico ocorre através de métodos clínicos semelhantes aos utilizados para os transtornos físicos. Os Transtornos mentais e comportamentais são identificados através de um exame clínico que verifica o estado mental e as condições orgânicas do paciente, além de testes e exames complementares que forem necessários. É possível atingir alto grau de confiabilidade e validade no diagnóstico, pois há grandes definições uniformes dos sinais, dos sintomas e dos critérios diagnóstico através de esquemas internacionais estruturados e padronizados de entrevistas.

Como requisito essencial o diagnóstico preciso é importantíssimo, pois juntamente com dados estatísticos e epidemiológicos, demonstram o avanço de métodos, que facilitam a aplicação de princípios clínicos.

Fatores que influenciam

Hoje, existem fatores determinantes entre as causas que determinam ou agravam doenças mentais, dentre eles os fatores biológicos, psicológicos e sociais, sendo um grande obstáculo para estudos e compreensão da patologia.

  • Fatores biológicos – como a predisposição genética e os processos de mutação que determinam o desenvolvimento corporal em geral, o funcionamento do organismo e o metabolismo, etc.;
  • Fatores psicológicos – como preferências, expectativas e medos, reações emocionais, processos cognitivos e interpretação das percepções, etc.;
  • Fatores socioculturais – como a presença de outras pessoas, expectativas da sociedade e do meio cultural, influência do círculo familiar, de amigos, modelos de papéis sociais, etc.

O tratamento é basicamente clínico através do tratamento psiquiátrico e tratamento medicamentoso. Além disso, é importante evitar certas situações que possam estressar, entristecer, ou seja, evitar que o indivíduo seja exposto à fatores já citados acima, que podem possivelmente agravar o estado da doença.

 


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook