Atualizado em: 13 maio 2014

TGO e TGP alterados – O que significa

Você já deve ter se deparado com o seu exame ou o exame de algum conhecido seu ter dado alterado. Mas, qual exame? TGO TGP. Primeiramente, você sabe o que significa essas siglas?

TGO – transaminase glutâmico oxalacética

TGP – Transaminase glutâmico pirúvica

TGP e TGO são indicadores sensíveis de dano hepático em diferentes tipos de doenças. Mas deve ser enfatizado que ter níveis mais altos que o normal dessas enzimas não indica, necessariamente, uma doença hepática estabelecida. Tais índices podem indicar algum problema ou não. A interpretação dos níveis altos de TGO e TGP depende do quadro clínico em geral e assim é melhor que isso seja determinado por médicos experimentados em hepatologia.

Portanto, caso você se depare com o TGP e o TGO alterados, assim como citei acima, de acordo com a Dra.Marilia Gaboardi Médica Assessora do portaldahepatite, esses exames alterados só mostram que há algo errado no fígado. O que é  não dá para saber sem fazer uma série e outros exames para se saber a causa.

Normal

TGO = até 40 Unidades Karmen; TGP = até 30 UK

Elevada

a) > 1.000 a 3.000 U: hepatites virais graves;

b) 1.000 a 2.000 U: fase aguda da obstrução biliar (ex.: cálculo obstruindo o ducto biliar comum), porém

com decréscimo rápido dos níveis para < 300 U/L;

c) > 1.000 U: doenças associadas com lesão hepatocelular extensa como hepatites virais, hepatopatias

isquêmicas (hipotensão prolongada, insuficiência cardíaca aguda…), hepatopatias tóxicas ou induzidas por drogas;

d) < 300 U: colestase intra ou extra-hepática sem lesão hepatocelular importante;

e) 50 a 200 U: hepatopatias crônicas não muito graves e lesões focais (ex.: cirrose de Laennec, hepatite viral anictérica, invasão tumoral).


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook