Atualizado em: 22 agosto 2011

SUS: Ampliação da internação domiciliar

O Ministério da Saúde decidiu ampliar o programa de home care, no qual, prevê que no final deste ano cerca de 15 mil brasileiros internados em hospitais do SUS, sejam tratados em sua própria residência.

O serviço de home care há algum tempo vem beneficiando a vida de muitos enfermos, só que agora, o Ministério da Saúde decidiu ampliar esse programa, ajudando a muitos que não tinham como ter esse serviço de internação e cuidados em sua própria
casa. Pelo menos, até o final desse ano, cerca de 15 mil brasileiros internados em hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão voltar para suas casas e serem cuidados por profissionais em sua residência. Os novos critérios para a internação domiciliar ainda não fora divulgado, mas provavelmente ainda essa semana, todas as informações serão esclarecidas.

Para 2011, o orçamento do Ministério da Saúde prevê a contratação de 250 equipes, cada uma com capacidade para atender 60 pacientes. Portanto, a novidade será o pagamento de R$ 34.500 ao mês por equipe médica. A meta é que se chegue em 2014 a mil equipes.

publicidade:

“Vai substituir muita demanda de internação hospitalar e vai agilizar o giro nas portas de urgência. É um programa que alia a segurança hospitalar com o conforto do lar, oferecendo um atendimento mais humanizado.”, afirma o secretário de Atenção à Saúde do ministério, Helvécio Miranda, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

O programa de Home Care já tinha seus critérios estabelecidos há cinco anos, ou seja, o serviço era ideal para idosos, portadores de doenças crônicas ou câncer – com
exceção daqueles que precisam de ventilação mecânica. Agora, devem ser estabelecidos novos critérios, que ainda não foram divulgados.

É importante saber que o serviço de Home Care vem ajudando muitos pacientes a se recuperarem mais rápido, exatamente por se tratarem em casa, no lugar que todos gostariam de estar quando se encontra doente, e a inclusive não pegarem qualquer infecção no hospital, já que isso é bem constante.

Saiba mais sobre os Procedimentos do SUS e também sobre Cirurgia Plástica gratuita

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook