Atualizado em: 1 abril 2013

Sarna Demodécica – Cura e tratamentos

Entenda melhor os sintomas sobre a Sarna Demodécica, que atinge a pele dos cães, e pode trazer diversas causas a ele. Veja também como o tratamento auxilia na cura.
Você Sabia?
Que a cura ocorre naturalmente em 80% dos cães, sem tratamento. Em 10 % dos casos há evolução para a Demodecicose generalizada, configurando um quadro mais grave que dificilmente chegará à cura total.
Sarna Demodécica 01

A Sarna Demodécica ataca o seu melhor amigo e pode prejudicar e muito sua saúde. (Reprodução)

Seu cachorro está saudável, brincando e pulando e do dia para noite, seus pelos começaram a cair, sua pele ficou vermelha, e a coceira não acaba nunca.

Procure de forma imediata um veterinário, se os motivos não forem carrapatos, alergias ou pulgas, pode ser que o seu melhor amigo esteja com Sarna Demodécica.

publicidade:

Sintomas

Os sintomas dessa doença podem aparecer do nada, completamente de repente, isso porque não se manifesta imediatamente. Seu cão então poderá ser o portador dos ácaros Demodex canis em seu pelo. Isso acontece devido a uma queda de imunidade pelo cão, onde se proliferam os parasitas, o que faz com que o animal tenha uma reação inflamatória na pele.

A contaminação pode vir de berço, uma vez que a principal fonte é a transmissão de pai para filho. Por esse fator, é de extrema importância que ao adquirir um filhote, você procure saber toda a procedência do mesmo e se possível, visite o local, o pai e a mãe do seu filhotinho.

Tratamento

O tratamento para essa infecção deve começar o quanto antes, mas atenção: não tem cura. Infelizmente, não hás como exterminar por completo o ácaro. Quando a mesma não é tratada de forma eficaz, o quadro poderá progredir para um mais infeccioso, podendo causar dentre outros sintomas, o emagrecimento do seu animal e o escurecimento e engrossamento da pele.

Contudo, nem tudo é sofrimento. Se detectada a tempo, a doença pode sim ser controlada, além de ser praticamente impossível a contaminação por outro animal ou para seres humanos. Sob o acompanhamento médico de forma direta, o seu animal poderá levar uma vida normal e viver como qualquer outro cãozinho.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook