Atualizado em: 8 março 2012

Saiba o que é Sudorese – Sintomas e Tratamento

O estresse emocional aumenta a produção de suor das glândulas apo crinas, ou mais precisamente: o suor já presente no túbulo é empurrado para fora.
Você Sabia?
Muito cuidado, se não sabem, as pulgas são parasitas externos que se alimentam do sangue de mamíferos e aves. Estes animais podem transmitir doenças graves como o tifo e a peste bubónica.
Saiba o que é Sudorese - Sintomas e Tratamento

Sudorese, algo que muitos tem, mas não sabem do que se trata (Foto: Divulgação).

Muitos não sabem, mas a Sudorese, é algo que se deva ter muita cautela na hora do tratamento, enfim, é algo que está não só na pele das pessoas, como nos animais também.

Sobre a Sudorese

  • Toda doença e problemas relacionados aos animais, quanto mais rápido for descoberto melhor, ou seja, dependendo do que o seu animal de estimação tiver, é muito importante que você realmente procure soluções para que haja o melhor tratamento possível em relação aos cuidados a serem tomados.
  • Presente como um tipo de mecanismo fisiológico nos animais, o Sudorese atinge os animais superiores. De acordo com informações, o Sudorese, trata-se de uma produção responsável pela eliminação de suor pelas glândulas sudoríparas dos animais.
  • Segundo informações, a a finalidade da sudorese é múltipla, e no caso da sudorese, o organismo pode perder calor para o meio externo através do fenômeno da evaporação do suor.
  • A sudorese para quem não sabe, ela controlada pelo sistema nervoso autônomo simpático, as alterações na sudorese podem ser indicativas de algumas doenças. É importante saber que, o suor é uma secreção das glândulas sudoríparas encontradas na pele dos mamíferos (perda de fluido líquido).

Constituída por cloreto de sódio e ureia em solução, no caso dos seres humanos, o suor é age de maneira em que de uma forma, ele faz excretar dejetos de nitrogênio e também uma forma de regular a temperatura, que deve ficar entre 36°C e 36,8°C, ideal para o funcionamento de todos os órgãos.

publicidade:

Saiba o que é Sudorese - Sintomas e Tratamento

Foto Divulgação: (Sintomas de Sudorese).

Sintomas e odor

No caso da temperatura do organismo, ela ultrapassa 37°C, e no caso, o suor age como um mecanismo de refrigeração, sendo assim, quando um indivíduo sente calor por causa de um exercício ou quando está quente, mais suor é produzido. A quantidade de suor depende de fatores genéticos e também das condições climáticas, além disso uma pessoa que está acima do peso tende a transpirar mais.

Quando se fala em odor, as pessoas já imaginam o suor, pensam naquela água transpirada do corpo, e por ai vai, mas saibam, isso não é bem assim, pois, ao contrário do que pensam, o suor não possui odor. O “mau cheiro” é provocado pelas bactérias que vivem na pele: quando uma parte pouco arejada está suada, as bactérias conseguem se proliferar e assim causar o odor desagradável.

A transpiração (suor) excessiva é chamada de hiperidrose. No caso das glândulas sudoríparas dos mamíferos são glândulas que produzem o suor, função importante para regular a temperatura do corpo e eliminar substâncias tóxicas.

O modo de transpiração, sem dúvidas, é algo tratado como um problema para as algumas pessoas, no caso das glândulas é crinas, elas funcionam desde o nascimento, fazendo o suor ser eliminado por todos os poros. Em algumas áreas do corpo, as glândulas sudoríparas são modificadas para produzir secreções, como as glândulas sebáceas e mamárias.

No caso dos humanos, há dois tipos diferentes de glândulas sudoríparas que se diferem bastante na composição do suor e na sua proposta. Em relação as glândulas sudoríparas é crinas, elas são distribuídas por toda a superfície do corpo, enfim, elas produzem suor, algo que é composto em sua maior parte de água com vários sais.

De acordo com informações, essas glândulas são usadas para a regulação da temperatura do corpo. Sendo em relação as glândulas sudoríparas apo crinas, elas produzem o suor que contém materiais gordurosos.

O estresse emocional aumenta a produção de suor das glândulas apo crinas, ou mais precisamente: o suor já presente no túbulo é empurrado para fora. As glândulas sudoríparas apo crinas servem basicamente como glândulas de cheiro. Entram em atividade durante a puberdade

Essas glândulas estão principalmente presentes nas axilas e em volta da área genital e sua atividade é a principal causa do odor do suor, devido às bactérias que quebram os compostos orgânicos no suor dessas glândulas.


O tratamento

Todo tratamento, assim como citamos antes, deverá ser feito com cautela, no caso do problema de Sudorese, o  uso de antitranspirantes e adstringentes (cloreto de alumínio em álcool etílico, solução de glutaraldeido 2%, etc.): esses produtos devem ser aplicados sobre a pele seca, após banho frio, imediatamente antes de se deitar.

Usar talco ou amido de milho natural (para os casos mais leves) isso também ajuda muito, ou seja, no caso, deve ser aplicado entre os dedos, sob as mamas ou em pregas da pele. Tomar banho com sabonete desodorante, neste caso, o uso prolongado pode levar à dermatite. Tente não calçar o mesmo par de sapatos por dois dias seguidos; utilizar palmilhas absorventes, que devem ser substituídas frequentemente, isso ajuda, e muito.

Em relação ao tratamento medicamentoso, com drogas antidepressivas, ansiolíticas e anticolinérgicas: essas drogas proporcionam apenas alívio parcial e apresentam efeitos colaterais importantes e indesejáveis, como alteração da visão, boca seca, problemas urinários, sedação e outros. Por fim, há outras maneiras de se tratar este problema. Saibam mais informações sobre o Sudorese acessando o site ( www.abcdasaude.com.br).

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook