Atualizado em: 16 agosto 2013

Reeducação alimentar para idosos

Saiba que a escolha de alimentos e os hábitos alimentares dos idosos são afetados não apenas pela preferência, mas também pelas transformações que acompanham
Você Sabia?
Que o Whey Protein foi descoberto como um subproduto da produção do queijo a mais de 25 anos atrás
DSC03168

Muitas vezes, a reeducação alimentar do idoso só ocorre após doenças cardíacas

Apesar de ser um fator muito importante para a qualidade de vida, vários fatores como a falta de vontade de cozinhar, assim como toda a dificuldade na mastigação devido a próteses e dentaduras assim como o pouco dinheiro ajudam consideravelmente na má alimentação e nutrição para os idosos, e por isso é fundamental que exista uma reeducação alimentar neste sentido.

É importante que se tenha sempre uma dieta rica em proteínas neste sentido e muitos dos idosos são obesos devido a atividade física que é reduzida, com isto a necessidade de energia em calorias do organismo acaba caindo e o corpo ainda ganha muito mais gordura ao envelhecer. E na maioria das vezes a reeducação alimentar dos idosos deverá apenas ocorrer depois de doenças cardíacas, de diabetes, entre outras doenças, e por isso por que não prevenir este tipo de problema?

publicidade:

Participação Familiar é Fundamental

A participação da família é muito importante, e ainda é papel de todos os filhos incentivar os seus pais a adotarem uma alimentação que seja mais saudável. Isso acaba ficando bem difícil se o idoso morar sozinho, mas é uma tarefa que não é impossível. Ao visitar um idoso os seus filhos poderão até mesmo levar alimentos nutritivos, e como o bolo de cenoura ou ainda tortas recheadas de legumes. No caso do idoso morar com algum membro da familia, a grande tarefa é procurar valorizar cada uma das refeições de forma mais saudável.

Todos os idosos normalmente são encarregados de cozinhar o almoço e o jantar para a família, normalmente os filhos sem tempo deixam para os pais que gostam muito deste tipo de atividade. E como a maior parte deles não vai as compras caberá aos filhos toda a seleção de ingredientes para cada uma das refeições, o que poderá tornar muito mais fácil os controles de hábitos alimentares dos idosos. Os filhos deverão também ficar vigilantes no caso do consumo de frutas pelos idosos, eles sempre devem as consumir e colocar em seu cardápio, e na maioria das vezes isto acaba não acontecendo e não facilitando a vida dos filhos.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook