Atualizado em: 17 dezembro 2012

Qual o nível de Testoterona pode interferir na vida do Homem

A queda do hormônio testosterona em homens, principalmente depois dos 50 anos, gera distúrbio que leva à depressão, ansiedade, sonolência e falta de apetite sexual
Você Sabia?
Que a Testosterona é uma hormona que causa certos efeitos tanto nos homens quanto nas mulheres. É produzida nos homens pelos testículos (os quais também produzem espermatozóides e uma série de outros hormônios.

Altas taxas de testosterona tendem a aumentar o comportamento agressivo.

Homens não se assustem, os níveis baixos de testosterona são mais comuns do que a gente pensa. Recentemente, estudos demonstraram que essa perca acontecida justamente aos homens portadores de alguma deficiência congênita, ou também daqueles que possuíam falência com função testicular que tenham provido de resultados de tumores na hipófise ou então de traumatismo na bolsa escrotal.

Acreditava-se, e sim com qualquer homem que tenha, por exemplo, condições de obesidade grau III, ou então infecção causada pelo vírus HIV, doenças debilitantes, estresse psicológico, ou até mesmo tratamentos que derivem da cortisona (composto do medicamento).

publicidade:

A queda da testosterona pode ser sentida através de alguns sinais como:

  • Perda de massa óssea
  • Aumento de fraturas
  • Aumento de massa gordurosa
  • Diminuição e perda da força
  • Aumento a resistência de insulina
  • Aumento do risco de desenvolver diabetes
  • Depressão
  • Fadiga
  • Diminuição da libido
  • Redução da fertilidade
  • Comprometimento das funções cognitivas.

Informação

Geralmente, vemos a secreção de testosterona começar a cair em homens que tenham 30 anos ou mais. Estudos clínicos comprovam que na faixa dos 40 anos até os 70 anos de idade, a queda chega a ser de 0,8% ao ano. Os níveis médios devem ser somados mensalmente. Quem for submetido a reposição hormonal deve ser acompanhado de perto, principalmente medindo níveis com PSA e o famoso toque retal.

Vídeo sobre Testosterona

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook