Atualizado em: 2 agosto 2011

Tratamentos para Prolapso da Valva Mitral

Conheça aonde está localizada a valva mitral, as causas e os sintomas quando acontece o prolapso dela e qual o tratamento mais indicado para este caso.

O coração é a parte vital do nosso corpo, assim como outros órgãos, mas o coração é o principal órgão, pois ele é o responsável por manter todo o corpo em ordem, responsável por levar todo o sangue para as partes do organismo. Mas diversos problemas podem ocorrer no coração, dentre eles o prolapso da valva mitral. Saiba mais sobre esse problema.

O que é?

Prolapso da Válvula Mitral é uma alteração mais freqüente que acontece com o coração e estima-se que ela afete de 5 a 10% da população mundial. A palavra prolapso significa um deslizamento ou deslocamento de parte de um corpo em relação à sua posição usual. Há dois finos folhetos que na válvula mitral estão localizados no átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo. Quando o ventrículo se contrai, os folhetos da válvula mitral se ajustam perfeitamente, prevenindo o refluxo de sangue do ventrículo esquerdo para o átrio esquerdo. É em relação a esta linha que se dá a ocorrência de prolapso mitral, sempre que os folhetos da válvula funcionam acima dela pelo seu lado atrial, pois o movimento normal de fechamento dos folhetos ocorre abaixo deste limite, pelo seu lado ventricular.

publicidade:

Causas e Sintomas

A causa do prolapso da valva mitral é na maioria das vezes é desconhecida, mas em outros parece ser geneticamente determinada por uma alteração do tecido conjuntivo. Uma redução na produção do colágeno tipo III é outro fator identificado; pois através da microscopia eletrônica tem sido demonstrada fragmentação das fibras colágenos.

Os sintomas praticamente não aparecem em algumas pessoas, já em outras pessoas a doença se manifesta com inúmeros sintomas. Dentre todos os sintomas, os mais comuns são: palpitações, síncope, dor de cabeça, dor torácica, falta de ar e fadiga.

O diagnóstico é realizado através do exame cardíaco, o EcoDoppler, que detecta diversas alterações existentes no coração.

Tratamento

O tratamento é realizado com medicamentos, basicamente com antibióticos. Em casos mais graves, a cirurgia é uma intervenção indicada.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook