Atualizado em: 14 maio 2013

Programa social Recomeço: Informações

Saiba mais sobre o Programa social Recomeço, do governo do estado de São Paulo, para tratamento dos dependentes químicos.
Você Sabia?
Que o crack surgiu nos Estados Unidos na década de 1980 em bairros pobres de Nova Iorque, Los Angeles e Miami. O baixo preço da droga e a possibilidade de fabricação caseira atraíram consumidores.
Programa de Enfrentamento ao Crack 1

O crack surgiu no início da década de 80

O Programa de Enfrentamento ao Crack, que teve início em 2011, a partir de agora denominado Programa Recomeço, que tem como objetivo o atendimento de usuários de substâncias psicoativas, especialmente o crack , extensiva aos familiares dos dependentes químicos.

Sendo que estará a cargo do Programa Recomeço a coordenação do Cartão Recomeço, que será um benefício de R$ 1.350,00 mensais que será usado exclusivamente nas entidades credenciadas para receber os pacientes para tratamento dos dependentes químicos.

publicidade:

Informação

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia, o  cartão servirá para custear as despesas de recuperação dos dependentes químicos que buscarem ajuda voluntariamente. E a expectativa é iniciar os primeiros atendimentos com o Cartão Recomeço dentro de 60 dias.

Inicialmente serão distribuídos 3 mil cartões do Programa Recomeço. Sendo que o investimento mensal do Estado com o cartão passa de R$ 4 milhões.

Inicialmente foram escolhidas 11 cidades para atendimento, sendo: Diadema, Sorocaba, Campinas, Bauru, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, São José dos Campos, Osasco, Santos e Mogi das Cruzes.

Será lançado um edital ainda este mês para escolher as instituições que poderão receber os pacientes do Programa Recomeço.

Assim que as instituições que vão tratar os pacientes forem escolhidas, os serviços de saúde das prefeituras citadas acima, farão o cadastramento e o direcionamento dos usuários de drogas para receber o cartão, conforme o total de vagas disponíveis. O benefício será concedido  até 180 dias, Tempo que os especialistas consideram o necessário para a recuperação do dependente químico, que deverá ser maior de 18 anos para receber o tratamento.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook