Atualizado em: 12 julho 2011

Prisão de Ventre Infantil - Tratamentos e o que fazer

Tudo sobre um dos desconfortos intestinais que mais afeta as crianças, a prisão de ventre. Veja como é importante estimular a criança e evitar possíveis complicações.
Quando nosso corpo não funciona direito em alguma região, acaba comprometendo o funcionamento de outras regiões do organismo. Um organismo com prisão de ventre, por exemplo, é um organismo com baixo metabolismo, que precisa ser trabalhado para que o intestino funcione regularmente, sem causar maiores transtornos. Prisão de ventre é extremamente incomodo, e afeta não só os adultos, mas muitas crianças também.

Prisão de ventre infantil

É uma condição onde as crianças passam a evacuar menos ou também, quando suas fezes saem mais secas e causam dor ao sair. A prisão de ventre é bastante comum em crianças, mas afeta diretamente nas atividades da criança, podendo até a causar problemas emocionais ou indicar que possa haver um problema mais sério na saúde.

O que causa?

Muitas crianças acabam retendo as fezes e não indo ao banheiro direito por vergonha ou apreensão de começar a usar o banheiro. Essa preocupação, vergonha ou medo pode ocasionar na prisão de ventre, podendo trazer prejuízos maiores para a saúde da criança. Adiar um momento de evacuação pode fazer com que as fezes fiquem secas e duras, causando dor ao serem eliminadas, isso irá fazer com que o quadro piore ainda mais.

Outras causas mais comuns de prisão de ventre em crianças são:

  • Dieta pobre em fibras
  • Alguns medicamentos como antiácidos e antidepressivos
  • Diabetes, síndrome de Down e doenças de Hirschsprung.
  • Anomalias anatômicas

Sintomas

Uma criança com prisão de ventre acaba manifestando os seguintes sintomas:

  • Evacuação diminuída
  • Posturas da criança que podem indicar que ela está prendendo as fezes
  • Dor e cólica de abdômen
  • Fezes secas e duras
  • Dor ao evacuar

Se por acaso esses sintomas perdurarem por mais de duas semanas, a criança deverá ser levada imediatamente para o médico. Caso a prisão de ventre esteja associada com outros sintomas como: febre, vomito, sangue nas fezes, perda de peso, fissuras anais e prolapso retal, é preciso ter uma maior atenção, pois pode ter algo há mais associado e será preciso que seja realizado alguns exames para diagnosticar o problema.

Tratamento

O tratamento é baseado em uma alimentação melhor e rica em fibras e grãos, além da ingestão de frutas e vegetais. O tratamento pode incluir também a ingestão de medicamentos laxantes, dependendo do caso. É preciso que os pais incentivem a criança a sempre ir ao banheiro, explicando a importância que este ato tem para nossa saúde.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook