Atualizado em: 5 agosto 2011


As 10 Pragas do Egito

Conheça toda essa história e o porquê que foram lançadas as 10 pragas no Egito. Confira todas as dez pragas e o que aconteceu em cada uma no Egito Antigo.
Nosso mundo é rico de histórias e conhecimentos fantásticos, independente do continente, do país, da localidade. O Egito é um dos lugares que possui mais histórias, dentre elas a famosa história das dez pragar do Egito. As dez pragas do Egito nada mais eram do que as pragas que Javé enviou pelas mãos de Moisés sobre Faraó do Egito e seu povo, segundo a tradição judaico-cristã. Essa história é narrada no livro Êxodo, nos capítulos de 7 a 12. Essas 10 pragas, foram enviadas para que Israel fosse libertada do Egito Antigo. Conheça quais eram as dez pragas lançadas com detalhes abaixo.

As dez pragas do Egito

Primeira: Água convertida em sangue

Essa praga foi lançada para que toda e qualquer água do Egito fosse transformada em sangue. Nos rios, os peixes acabavam morrendo e toda a população começava a cavar em volta dos rios para tentar achar água e conseguir beber.

Segunda: As rãs

Essa praga foi quando Arão estendeu sua mão por todas as terras e lagoas do Egito e começou a sair rãs e mais rãs desses lugares. Após isso, surgiram muitas rãs e a terra de Egito já estava toda contaminada.

Terceira: Mosquitos

Essa terceira praga se assemelha com a segunda praga, no qual Arão também estendeu as mãos, só que dessa vez ele possuía milhares de pó e em um piscar de olhos, todo esse pó foi transformado em mosquitos, deixando toda população, inclusive os animais, cobertos de mosquitos.

Quarta: Moscas

A quarta aconteceu quando Senhor pediu a Faraó para deixar seu povo se sacrificar, mas Faraó não permitiu. Com isso, o Egito ficou infestado de milhares de moscas. Somente após um tempo, Faraó decidiu deixar seu povo ir, foi aí que o Senhor retirou a praga.

Quinta: Peste nos animais

O Senhor desejava que o povo servisse a Faraó, mas Faraó não permitiu. Então o Senhor disse a Moisés para estender sua mão e pediu para que colocasse praga nos animais de Israel e do Egito, mas somente os animais do Egito morreram com a praga.

Sexta: Ulceras

O Senhor ordenou a Moisés e a Arão para encher suas mãos de cinzas e jogar para os céus, e essas cinzas se transformaram em ulcera em todo o Egito.

Sétima: Chuva de pedras

Com o mesmo pedido a Faraó sobre o seu povo e com a negação de Faraó, o Senhor pediu a Moisés:- Estende tua varinha por todo o Egito, menos na terra de Gósen, pois lá estavam os filhos de Israel. A chuva destruiu absolutamente tudo que estava no campo foi atingido, principalmente as plantações.

Oitava: Gafanhotos

Essa praga aconteceu quando Faraó desobedeceu as ordens de Moises e Arão, foi quando o Senhor pediu a Moisés que estendesse sua varinha por toda a terra do Egito, e um vento passou seguido de vários gafanhotos que ficaram pela terra do Egito, então o Faraó se curvou à Moisés e Arão e disse que pecou e que iria orar pelo SENHOR e depois o SENHOR mandou um vento que levou todos os gafanhotos para o mar vermelho.

Nona: As trevas

A nona praga ocorreu quando Senhor pediu a Moisés que estendesse       sua mão pelos céus do Egito, e que esse céu se tornasse trevas, e então Moisés estendeu sua mão por todo o céu do Egito e então o céu se tornou em trevas, menos onde estavam os filhos de Israel.

Décima: Morte dos primogênitos

Foi uma praga que condenava as mulheres egípcias, aonde o seu primeiro filho morria, menos os que nasciam em Israel.

Hoje em dia, cientistas afirmam que realmente houveram as 10 pragas do Egito, com comentários, fotos e outras coisas que possam provar, mas muitas dúvidas ainda ficaram no ar, coisas que infelizmente nunca iremos saber.

 

 


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook