Atualizado em: 19 julho 2013

Inflamação do Pericárdio - Pericardite

A pericardite aguda é uma inflamação do pericárdio que apresenta um início súbito e que é freqüentemente dolorosa.
Você Sabia?
Que em 1936 surgiu a Insulina de absorção Lenta, permitindo, deste modo o controle da diabetes, na maior parte dos casos, apenas com uma injecção por dia.
Pericardite-Causas-Sintomas-e-Tratamentos-1

A pericarditis é a inflamação de uma dupla membrana que rodeia o coração

A chamada pericardite é uma inflamação do pericárdio. E este por sua vez é um saco que é formado de duas camadas delgadas que envolvem o coração, estas são separadas por um espaço considerado virtual que tem uma pequena quantidade de líquidos e tem como função direta impedir que o coração possa se encher de sangue mais do que o que é necessário, além de o proteger de possíveis infecções que possam ainda acometer a sua região torácica.

Infecção Viral

Este poderá ser causado por diversos e diferentes vírus, as também chamadas de coxsaqueviroses, e ainda os chamados ecovírus e vírus de gripe, varicela, hepatites, caxumba e até mesmo o HIV.

publicidade:

Infecções Bacterianas

Estas são causadas através do bacilo da tuberculose. E a sua ocorrência pode ser bastante rara em países desenvolvidos, mas é comum existir em países mais pobres. Este tipo de problema atinge o pericárdio através de vias linfáticas ou ainda por uma disseminação hematogênica, podendo ainda haver ou não o comprometimento dos pulmões e no entanto o derramamento frequente poderá acompanhar como resultados a pericardite.
Doenças consideradas imunológicas, como por exemplo o lúpus eritematoso.

Infarto do Miocárdio

Que também é conhecida como a síndrome de Dressler. E neste caso a pericardite deverá aparecer como uma complicação de infarto agudo do miocárdio que surge entre 3 a 5 dias depois de um infarto considerado transmural.

Uremia

Efeitos coletarais de alguns medicamentos prescritos como o minoxidil e ainda a penicilina.

Além é claro também das neoplasias, ou seja, as metástases de um câncer de pulmão ou mama além de linfomas que envolvem o pericárdio e outros tipos de câncer poderão resultar em um derrame pericárdico bem como o tamponamento do seu coração.

Esta ainda é classificada seguindo uma composição de exsudato inflamatório, o que poderá ser seroso, purulento, fibroso ou ainda hemorrágico.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook