Atualizado em: 8 abril 2011


Pé de atleta - O que é, Fotos e Tratamentos

Pé de atletaPé-de-atleta é o nome popular dado a frieira e ela recebe esse nome, pois é uma doença normalmente transmitida em ambientes com bastante pessoas, como por exemplo, o chuveiro que os atletas usam.

Então, nesse artigo iremos falar de como pode ser feito o tratamento, como é transmitida a doença, como pode ser prevenida, além de dar mais informações sobre a doença.

O que é Pé de Atleta

Essa doença é causada por um fungo dermatófilos (tinea pedis), atinge todas as idades e afeta principalmente a região dos dedos e sob as unhas.

Os fungos gostam de ambientes que sejam úmidos e quentes e os pés são um atrativo para eles, pois lá é um bom lugar para eles se proliferarem.

O Pé de Atleta é uma doença altamente contagiosa e normalmente é transmitida pelo ambiente e não por outras pessoas.

Existem pessoas que desenvolvem a doença com mais facilidade do que outras e ainda não há uma explicação para isso e existem probabilidades de pegá-la de novo algum dia.

Transmissão

A doença se aloja e provoca manchas arredondadas e manchas vermelhas e há uma descamação que pode vir a coçar.

A transmissão pode ser feita através do contato com pessoas infectadas ou com alguma superfície que esteja contaminada, como por exemplo, praias, piscinas, vestiários, pisos de banheiros, etc.

Quando o caso é mais grave, essas fissuras podem liberar um líquido e a pele fica mais fina e dolorida no local.

Prevenção

Para prevenir o Pé de Atleta, existem dicas que podem ser seguidas.

  • O mais importante é secar bem os pés, entre os dedos depois de tomar banho, pois a doença não aparece em locais bem secos;
  • Muitas vezes colocar um algodão entre os dedos ajuda a deixá-los secos e deverá ser trocado com freqüência;
  • Evitar o uso de meias com tecido sintético que não absorvem o suor e não mantêm a pele úmida;
  • Evitar sapatos muito fechados;
  • Colocar chinelos quando utilizar vestiários ou banheiros de lugares como clubes e escolas, para evitar a infecção;
  • Evite aplicar remédios antifúngicos sem ordens médica, pois eles podem não surtir efeitos.

Tratamento

O primeiro passo é procurar um podólogo ou dermatologista que irá identificar se você está mesmo com a doença e te dar as coordenadas corretas para tratar dela.

Normalmente são utilizados antifúngicos que são bem eficazes na maioria dos casos, porém casos que já sejam mais graves podem necessitar de um tratamento com comprimidos.

Pé de atleta

O mais importante é seguir corretamente o tratamento e seguir as dicas para evitar a doença, para evitar mais umidade e a possível piora da doença.

Existem também remédios caseiros, como o alho, gengibre, alcaçuz, camomila e canela, entre outros, mas recomendamos é que se a doença persistir por algumas semanas sem melhora nenhuma, procurar o médico imediatamente.

Agora que você já sabe mais sobre a doença, evite ao máximo ser infectado e dessa forma você também evitará o desconforto que ela trás!


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook