Atualizado em: 18 junho 2012

Obesidade na Infância e Adolescência

A cada vez que evoluímos, mais a quantidade de pessoas acima do IMC (Índice de Massa Corporal) aumenta. E para piorar, o nosso "futuro" também está se encaixando nessa lista. Para que essa realidade mude, é necessário a mudança na alimentação, começando por propagandas que induz o jovem a calorias e doenças cardíacas.
Você Sabia?
No Brasil, a maior porcentagem de pessoas que fazem exercícios físicos são os homens, mais de 60%.
Crianças e alimentos gordurosos.

A “onda” dos jovens de hoje: Comida gordurosa.

O processo de crescimento de crianças e adolescentes é importante, principalmente com os pais ao lado para acompanhar tudo o que passa na vida escolar quanto saudável. De alguns tempos para cá, a realidade da sociedade de hoje é bastante preocupante.

Ao passar na rua, você pode observar tantos cartazes ou Out Doors de propagandas Fast-Food, refrigerantes, entre outros. O que é mais preocupante ainda, é a nova era, em que crianças e jovens adolescentes trocam seus pratos de comida mais saudáveis a alimentos gordurosos e que aumentam a possibilidade de problemas cardiovasculares.

publicidade:

Não é difícil de encontrar na rua uma criança na faixa de mais ou menos 6 ou 7 anos de idade que não esteja acima de sua massa corporal indicada. O que deixa logo claro: O mundo está mais obeso e menos preocupado com o amanhã. E isso não é mais coisa americana; ela invade o mundo inteiro, ou seja, 10% da população de hoje tem entre eles crianças e jovens obesos.

Quais as Causas

Índice de doenças por conta de calorias.

As principais doenças enfrentadas na obesidade.

Há vários casos, por assim dizendo, pois cada organismo funciona diferente. Em muitos casos, a conclusão que se tem a uma pessoa não pode-se aplicar a outra. Maior parte dos casos é a maneira a qual a mídia lida em influenciar jovens em relação a como se comportar ou comer. Propagandas da tv mostram jovens ou crianças se divertindo em volta de alimentos que atiçam o “pecado” dos olhos. Comidas gordurosas e muitas vezes sem qualidades favoráveis, quase que nulas. Mas uma questão interessante dessas propagandas é que: Esse jovens que tanto ficam felizes enquanto ingerem calorias sem limite nem bom senso, são magros. Quase uma utopia. Aliás, uma coisa quase que impossível.

Em outras situações, pessoas também tem um histórico familiar assim. É, obesidade também é hereditária. Quando o pai e a mãe tem esse histórico, a probabilidade de que isso também ocorra aos filhos é grande. Falta de exercícios, ou seja sedentarismo também é um dos fatores.

Prato criativo para crianças.

Prato criativo para crianças ajuda-os a se interessarem por alimentos mais nutritivos.

Alimentação e Tratamentos

Crianças são mais fáceis de ensinar coisas, pois tudo para elas são curiosidades e experiencias novas. Uma alimentação divertida é o que os nutricionistas recomendam. Pratos desenhados com ervilhas, batata, uma carinha de arroz, etc, é uma forma interessante de chamar a atenção das crianças. Mudar os hábitos alimentares em casa também são muito importantes. As crianças e o adolescentes não nascem com este costume. Muitos deles são de casa mesmo. Se a mãe costuma cozinhar muitos alimentos gordurosos, é hábito.

A visita ao nutricionista, o incentivo à prática de esportes e quem sabe um psicólogo, fazem muita diferença na saúde física e mental de todas elas.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook