Atualizado em: 4 abril 2011


Sedentarismo - O que é, Causas

Descrição sobre o conceito de sedentarismo, abordando seus aspectos mais comuns, além de expor suas causas mais divulgadas pela mídia especializada.
PreguiçaDe nome comum em conversas, o sedentarismo é elemento também presente no cotidiano de pessoas que trabalham sob regime sedentário – no qual a pessoa passa a maior parte, senão todo, do expediente em pé – ou mesmo as que não praticam exercícios de forma alguma.

Afinal, do que se trata o sedentarismo?

Basicamente, o sedentarismo, como problema, é definido como a falta da prática de exercícios físicos de forma suficiente na vida de um indivíduo. Portanto, é possível deduzir que, com o sedentarismo, existem fatores de risco associados, tais como o sobrepeso, senão a obesidade, a hipertensão, além de outros distúrbios cardíacos e mesmo respiratórios.

Como detectar?

EsporteÉ dever do indivíduo relatar a sua prática de atividades físicas ao seu médico, a quem é encarregada a função de ficar atento a cada queixa do paciente e sua aparência física, realizando, como prevenção, diversos exames laboratoriais de sangue, urina etc. de maneira freqüente, para diagnosticar problemas associados. Nunca se trate sem auxílio médico, já que o sedentarismo pode induzir ao organismo um baixo estado de proteção, trazendo o risco de choques em práticas de exercícios muito bruscas ou dietas exageradas.

Quais as causas?

O sedentarismo pode vir do hábito de trabalhar sentado ou mesmo da comodidade de veículos próprios para realização de tarefas, como compras, deslocamentos curtos etc. Além disso, o sedentarismo pode até mesmo ser conseqüência de uma disfunção cardíaca ou respiratória, que induz ao indivíduo uma baixa resistência para movimentação.

Como prevenir?

SedentarismoComo prevenção, é de fundamental importância a prática de exercícios de forma diária ou, pelo menos, três vezes por semana, dependendo da carga da atividade e do aconselhamento médico que é obrigatório, visto que, caso o seu organismo possua alguma disfunção do tipo já mencionado, um exercício pesado demais pode ser fatal. Além disso, é necessária uma dieta balanceada em função do seu grau de exercício, para que seja evitado um sobrepeso decorrente da alimentação excessiva e a sua saúde e bem-estar físicos sejam garantidos.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook