Atualizado em: 20 outubro 2011

Mulheres estressadas têm maior chance de ter menina, ao engravidar

Um estudo recém-divulgado, realizado por pesquisadores dos Estados Unidos, em conjunto com a Universidade de Oxford, na Inglaterra, diz que as mulheres estressadas têm mais chances de ter bebês meninas.

Se tem uma fórmula para mulher conseguir ter bebê menina é ficando estressada. Ou melhor, mulheres estressadas têm mais chances de ter menina, quando grávidas.

Quem confirma isso é um estudo recém-divulgado, realizado por pesquisadores dos Estados Unidos, em conjunto com a Universidade de Oxford, na Inglaterra, no qual, diz que aquelas que estão sob pressão em casa, no trabalho ou na vida amorosa, nas semanas ou meses anteriores à concepção, diminuem a probabilidade de ter um bebê do sexo masculino.

publicidade:

Tratamentopara engravidar

Para sustentar os dados da pesquisa, que foi realizada com 338 mulheres do Reino Unido que tentavam engravidar, os pesquisadores observaram que o número de nascimento de meninos
caiu drasticamente após o atentado de 11 de setembro, nos Estados Unidos, ou a crise econômica posterior à queda do Muro de Berlim, na antiga Alemanha Oriental, em 1991.

O cortisol, um hormônio associado ao estresse foi um importante ponto para que a pesquisa
chegasse a esse resultado: dos bebês nascidos, 58 eram meninos, enquanto 72 do sexo feminino. Normalmente, a taxa da Grã-Bretanha prevê 105 meninos nascidos para cada 100 meninas. Os resultados indicariam que mulheres sob situação de estresse têm chances 75% menores de conceber um menino do que aquelas que se encontram tranquilas.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook