Atualizado em: 12 fevereiro 2014

Marca-passo Cerebral - Combate a Obesidade

Doenças como a obesidade são um dos grandes problemas da sociedade atual. A depressão também tem crescido nos brasileiros. O marca-passo, usado anteriormente para o mal de Parkinson será implantado para outras doenças.
Você Sabia?
Os primeiros aparelhos de marca-passo eram bastante perigosos, pelo fato que os pacientes corriam o risco de serem eletrocutados.
Marca-passo Cerebral

Marca-passo cerebral será usado contra a obesidade mórbida e a depressão.

Um novo estudo chega a Brasil para a avaliação de obesidade mórbida. O marca-passo cerebral é utilizado para analisar a obesidade e o metabolismo no paciente, utilizando também para a depressão. Antes, o aparelho era utilizado para avaliar outras doenças, como o mal de Parkinson.

A Luta Contra a Obesidade

O marca-passo anteriormente era usado para a avaliação de Parkinson, desde 1990. Os estudos sã feitos por meio de estimulação elétrica.

publicidade:

O aparelho também é feito para aumentar a saciedade dos pacientes. Antes do parelho ser usado para a análise de Parkinson, ele foi utilizado em animais.

Oito cobaias foram testadas nesse evento e servidas com grande porção de ração. Quatro delas, que utilizavam  aparelho, comera menos que outros quatro que não usavam o aparelho.

O aparelho é colocado em quatro pontos da cabeça. Os médicos, quando no caso o tratamento é o Parkinson, é colocado no ponto desejado. No caso da obesidade, o aparelho é implantando no Hipotálamo Ventromedial, que aumenta o nível de saciedade no paciente.

O estudo vai ser usado a partir do ao que vem pelos próximos três anos, no HCor Neuro (Centro de Neurociência do Hospital do Coração), de São Paulo.

Porém, apesar de o aparelho ter essa função, a eliminação da obesidade ainda está longe do esperado. Com o comportamento levado na atualidade, a sociedade ainda não aprendeu como a alimentação correta deve ser feita.

Vídeos

Marca-Passo Cerebral (1974)

http://www.youtube.com/watch?v=LBiHw_jLqSY

Marca-Passo na Depressão

 

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook