Atualizado em: 30 março 2010

Mal de Alzheimer – O que é

Descoberta em 1906 pelo psiquiatra Alois Alzheimer, o Mal de Alzheimer é uma doença degenerativa e progressiva que até o momento ainda não tem cura. A enfermidade afeta na maioria das vezes pessoas com mais de 65 anos, mas também pode acontecer entre pessoas mais novas.

publicidade:

A doença acarreta na perda das funções intelectuais do cérebro, como a memória. Tal fato esta relacionado com mudanças nas terminações nervosas e nas células cerebrais, que acabam por interferir nas funções cognitivas.

Um dos fatores que acarretam ao Mal de Alzheimer é o fator genético. Ainda não há cura nem prevenção para esta enfermidade, porém é necessário ficar atento aos sinais que podem denunciar a doença.

Os sintomas, em sua maioria das vezes, são confundidos com estresse ou problemas da idade. O mais notável dos sintomas é a perda de memória a curto prazo, onde o paciente não consegue se lembrar dos fatos acontecidos recentemente. Ele ainda perde a capacidade de prender a atenção aos acontecimentos e certa desorientação quanto ao tempo e ao espaço.

Com o tempo, o paciente passa a ter pequenos problemas na fala, como a diminuição de vocábulos. Progressivamente o enfermo passa a ter dificuldades para ler, escrever, se vestir, entre outras funções diárias. Todo este estado evolui até que o paciente passa a ter perda da memória de longo prazo e mudanças em seu comportamento, como irritabilidade e ansiedade, para então, passar a depender completamente de familiares.

O tratamento do Mal de Alzheimer visa um retardamento da doença, para que desta maneira haja um maior conforto para o paciente.

Para mais informações a Associação Brasileira de Alzheimer possui um site (http://www.abraz.org.br) com mais informações referentes à doença, ao paciente de Alzheimer e as pessoas que se disponibilizam a cuidar delesu

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook