Atualizado em: 6 setembro 2012

Lúpus Eritematoso Discóide: Entenda o que é

Fique de olho e aprenda o que é a doença e de que forma ela aparece nas pessoas.
Você Sabia?
O sol excessivo além de ser um dos fatores principais para o aparecimento do lúpus eritematodo discoide, também pode provocar o câncer de pele, por isso, não abuse do raios ultravioletas e previne-se com o protetor solar.
Lúpus Eritematoso Discóide

Lúpus Eritematoso Discóide , a doença crônica que ataca a pele e ocasiona machas avermelhadas. (Foto: Divulgação)

Lúpus eritematodo discóide é uma doença caracterizada por manchas avermelhadas e arredondadas na pela, principalmente na região do rosto, e que podem ser de vários tamanhos.

É mais comum que mulheres apresentam o quadro, mas os homens também não escapam nas estatísticas de três para um. Em 60% dos casos o lúpus eritematodo discóide aparece na face do indivíduo.

publicidade:

Até hoje a causa da doença não foi descoberta, mas é bastante provável que a exposição excessiva ao sol pode provocar o aparecimento das manchas que normalmente evoluem para cicatrizes e depois ficam na pele com uma diferenciação na pigmentação.

Sintomas

Não há como sentir a enfermidade antes, o lúpus eritematodo discoide simplesmente aparece e precisa ser tratado devidamente para que o machucado não evolua de forma crônica e afete outras partes.

O mais indicado é procurar um médico que diagnostique a doença e inicie imediatamente o tratamento para que não haja evolução. Mas é preciso saber que em muitas ocasiões ela aparece e desaparece ao longo de anos.

Como Tratar o Lúpus Eritematoso Discóide

Em casos leves: pomada ou creme com corticosteróides.

Em casos graves: tratamento de longo período com medicamentos que contenham corticosteróides e sejam administrados de forma oral.

Vídeo sobre o Lúpus

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook