Atualizado em: 2 agosto 2011

Linfoma

A quinta causa de morte por câncer no país, o linfoma. Saiba mais sobre essa doença que pode afetar diversos lugares do corpo. Conheça os fatores de risco e os sintomas.

Existem muitas doenças espalhadas por aí, algumas mais graves, outras nem tanto. Algumas antigamente não pareciam tão graves devido ao número de pessoas afetadas. Hoje em dia, essas doenças já tomaram grande parte e se encaixam nas mais perigosas, como o Linfoma, por exemplo. O Linfoma é hoje a quinta causa de morte dentre os pacientes oncológicos. Isso porque hoje em dia ocorrem muitas campanhas de conscientização pelo país. Saiba mais sobre o linfoma, seus sinais e sintomas e o porque é causado.

O que é?

O linfoma é um tipo de câncer sanguíneo que se origina nos linfonodos (gânglios) do sistema linfático, um conjunto composto por órgãos, tecidos que produzem células responsáveis pela imunidade e vasos que conduzem estas células através do corpo.

publicidade:

O linfoma pode atingir qualquer faixa etária, sendo mais comum na idade jovem adulta, entre os 15 até os 40 anos, sendo mais frequente entre os 25 aos 30 anos. É um tipo de câncer do sistema linfático, que atinge os linfonodos. Os órgãos e tecidos que compõem o sistema linfático incluem linfonodos, timo, baço, amígdalas, medula óssea e tecidos linfáticos no intestino. A linfa, um líquido claro que banha estes tecidos, contém proteínas e células linfóides. Já os linfonodos (gânglios) são encontrados em todas as partes do corpo, principalmente no pescoço, virilha, axilas, pelve, abdome e tórax; produzem e armazenam leucócitos denominados linfócitos.


Fatores de Risco

Alguns fatores tornam a pessoa mais propícia a ter um linfoma, como: pessoas com sistema imune comprometido, como conseqüência de doenças genéticas hereditárias, infecção pelo HIV, uso de drogas imunossupressoras, têm risco um pouco maior de desenvolver a doença. Membros de famílias nas quais uma ou mais pessoas tiveram diagnóstico da doença

Sintomas

O linfoma pode surgir em qualquer parte do corpo e os sintomas irão depender da localização. Caso se desenvolva em linfonodos que estão próximos à pele, no pescoço, axilas e virilhas, os sintomas provavelmente incluirão a apresentação de linfonodos aumentados e indolores nestes locais. Se a doença ocorre na região do tórax, os sintomas podem ser de tosse, dispneia e dor torácica. Outros sintomas incluem febre, fadiga, sudorese noturna, perda de peso, entre outros.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook