Atualizado em: 15 fevereiro 2012

Laptop com Wi-Fi prejudica espermatozóides

Pesquisa aponta que o uso de laptop no colo prejudica a produção dos espermatozóides com qualidade, pois o calor acabada danificando a produção das células.
Você Sabia?
que a composição nutricional do sêmen é de apenas 10% de esperma, o restante é composto por vitamina C, enzimas, cálcio, potássio, zinco, ácido cítrico, frutose e açúcar;

O Estudo

Estudos desaprovam essa forma de uso do Leptop no colo (Foto/Divulgação)

Um estudo científico publicado na revista Fertity and Sterility, chegou a analise de que utilizar o notebook estando em uma rede Wi-Fi pode trazer danos a fertilidade masculina, pois o calor gerado pelo computador agridena qualidade do espermatozóide.

O bioquímico Conrado Avendño, da Sociedade Argentina de Medicina Reprodutiva, ao começar as pesquisas foram recolhidas amostras de sêmen de 30 pacientes que estavam saudáveis e dividiram em duas partes: a primeira amostra foi coloca exposta a um notebook ligado a internet por via Wi-Fi durante o período de quatro horas, a outra foi guardada em condições iguais, mas sem está exposto a conexão.

publicidade:

Conclusão

Logo após um período de tempo foram avaliada a fragmentação do DNA das amostras coletadas, aquelas amostras que foram expostas a conexão via Wi-Fi, apontaram índices de queda na mobilidade e ainda teve aumento de fragmentação do DNA, causando a morte das células produtivas.

De acordo com o Renato Fraietta urologista da Universidade Federal de São Paulo, algumas pesquisas feitas antes já tinham mostrado também que o calor que é gerado pelos laptops, prejudicaa qualidade do sêmen, Renato explica, “Quando o portátil fica no colo, a temperatura dos testículos sobe 2,5ºc em uma hora – o que é muito perigoso, uma vez que a produção de esperma depende de baixas temperaturas para acontecer”.

Portanto, se você costuma usar o notebook dessa forma, procure um adaptador para o computador evitando contanto com seu colo, cuide de sua saúde.

Pesquisa apontam, Laptop com Wi-Fi prejudica espermatozóides ( Foto/Divulgação)

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook