Modificado em: 4 outubro 2012

O que é Isquemia do Miocardio?

Essa isquemia pode originar muitos danos ao corpo tais como Infarto do miocárdio ou em outro local, acidente vascular cerebral ou em outro local.
Você Sabia?
Que a Isquemia é a falta de suprimento sanguíneo para um tecido orgânico devido a obstrução causada por um trombo, seja ele formado por placas gordurosas ou por coágulos sanguíneos. Como o sangue, através das hemácias.

Infarto do miocárdio doença isquêmica do coração

O que é Isquemia do Miocardio?

Isquemia Miocardio é um transtorno da função cardíaca que é causada pelo fluxo sanguíneo insuficiente ao tecido muscular do coração, o que pode provocar dores no peito, uma dor que muitas pessoas confundem com a dor de estomago e pode causar necrose do musculo cardíaco – Infarto Miocardio.

Essa diminuição do fluxo do sangue pode estar ligada ao estreitamento das artérias coronárias ou obstrução por trombose ou até mesmo a diminuição de pequenos vasos dentro do coração.

Graus da Isquemia do Miocardio

Existem diferentes graus da Isquemia do Miocardio, sendo que o primeiro é estável que apresenta as mesmas características, a Isquemia Miocardia Aguda que tem como principais manifestações a morte súbita e insuficiência cardia aguda, Isquemia Miocardia Variável que possui um estado clinico intermediário entre angina crônica estável e infarto miocárdio e a Isquemia Miocardia silenciosa que só é descoberta através de exames específicos.

Causas da Isquemia do Miocardio

O sinal do acontecimento começa normalmente com uma dor que pode piorar caso a pessoa faça algum esforço como correr ou até mesmo praticar relações sexuais. Os músculos afetados perdem suas forças contráteis por falta de oxigênio. Sensação de queimação no peito, pontadas de longa duração, sentimento de inchaço no coração, em alguns casos podem ocorrer vômitos, palidez, sensação de desmaio e desconforto abdominal. O diagnostico é feito através de testes de esforço , Holter , cintilografia de perfusão miocárdica ou ecocardiograma de estresse.

Cuidados e Prevenção

Os pacientes mais propensos a terem a doença são pessoas com histórico familiar de um parente direto, fumantes, pessoas obesas, diabéticos, colesterol alto, pessoas que já passaram pro problemas cardíacos antes dos 50 anos de idade, as mulheres só apresenta maiores riscos após a menopausa.

Vídeo sobre a Isquemia Miocardio


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook