Atualizado em: 1 abril 2011

Injeção Intradérmica - Contra Estrias

Saiba tudo a respeito deste tratamento super eficaz contra as tão temidas estrias.

Injeção Intradérmica Hoje vivemos em uma época em que se cultua o corpo e se faz qualquer coisa para estar no peso ideal, sem celulites e sem estrias.

As estrias são rupturas das fibras elásticas da pele e quando acontecem estas rupturas, inicia-se uma inflamação e por esta razão elas aparecem vermelhas e depois de algum tempo ficam brancas como se fossem cicatrizes.

publicidade:

As estrias tão indesejáveis inimigas principalmente das mulheres não poupam ninguém e nem idade. Hoje em dia muitos homens também possuem estrias.

Os locais que mais aparecem às estrias são nas mamas, nádegas, coxas, quadris, barriga e culotes, embora nenhum lugar esteja livre de romper.

Fatores que favorecem o surgimento das estrias

  • Gravidez
  • Fatores genéticos
  • Problemas hormonais
  • Alterações constantes de peso
  • Crescimento rápido
  • Excesso de musculação

Como evitar o aparecimento de novas estrias?

  • Manter a pele sempre hidratada
  • Use sempre bloqueadores solares.
  • Evite as oscilações bruscas de peso.
  • Ative a circulação
  • Evite o uso de roupas apertadas.
  • Evite fumar, pois o fumo prejudica a circulação e oxigenação das células.
  • Pratique atividades físicas com moderação
  • Use sempre sutiãs adequados porque ajudam a sustentar o peso dos seios
  • Coma alimentos ricos em vitamina C, que é importante na produção de colágeno

Tratamentos

Um dos métodos mais revolucionários que tem dado os melhores resultados é a injeção intradérmica onde são injetados componentes que regeneram a camada mais funda da pele e surte efeito nas estrias vermelhas e nas brancas.

Esse método utiliza substâncias para estimular a produção de colágeno, como princípios ativos da injeção intradérmica, com o intuito de acelerar o metabolismo.

 

O tratamento com as injeções intradérmicas é conhecido e muito usado hoje em dia já que ameniza muito as tão incômodas estrias.

Esse tratamento surte efeito a partir de 3 a 4 sessões e devem ser feito em conjunto com outros métodos anti estrias para obter resultados mais eficientes.

As injeções são um pouco doloridas, mas o resultado vale à pena

Lembre-se que esse tratamento deve ter o acompanhamento de um médico qualificado em uma clínica idônea.

Fonte

Dra. Terezinha M. Rodolfo

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook