Infecção Fungos na unha

Muitas pessoas não percebem, mas entramos em contato com vírus, bactérias e fungos por boa parte do nosso dia. Quando colocamos nossa mão em diversos lugares que outras pessoas também colocaram, há alí uma troca de bactérias ou fungos sem que a gente perceba. Após a contaminação, muitas vezes levamos a mão a boca sem perceber que tocamos em muitos lugares sujos e contaminados o dia todo. O contato desse parasita com a mucosa da boca pode fazer com que desenvolvamos algum tipo de doença. O lugar preferido de alojação dos fungos é a nossa unha.

A unha

A unha é um ótimo alojamento de fungos e bactérias. Principalmente quando a unha está grande, os fungos acabam se alojando dentro dela e nem percebemos, pois é um lugar bom para se manter e se desenvolver. As mulheres principalmente costumam deixar a unha mais comprida e pintam com esmaltes escuros, o que impede ainda mais a visualização da sujeira formada alí e o local fica propenso para o desenvolvimento dos fungos.

Unhas e Fungos

Uma vez que os fungos tenham se alojado na unha, eles podem causar algumas infecções, como a onicomicose, que é mais conhecida como micose da unha. Essa contaminação se dá através de qualquer manuseio de um objeto contaminado. As unhas que são mais afetadas são as dos pés, pois ficam em um ambiente úmido dentro de sapatos e tênis, esse ambiente favorece o crescimento dos fungos, sem contar que a queratina que é uma substancia que forma nossas unhas, são o principal alimento dos fungos, ou seja, um lugar perfeito pra que eles se proliferem.

Manifestações

Existem alguns tipos de manifestações da infecção na unha por fungos, são algumas:

  • Descolamento da borda livre: a unha descola geralmente pelos cantos, podendo haver um acúmulo de material sob a unha. Essa é a manifestação mais frequente.
  • Espessamento: as unhas ficam mais espessas, mais endurecidas e grossas. Essa manifestação normalmente causa dor e por levar ao aspecto de “unha em telha” ou “unha de gavião”.
  • Leuconíquia: manchas brancas na superfície da unha. ,
  • Destruição e deformidades: a unha fica frágil, quebradiça e se quebra nas porções anteriores, ficando deformada. 
  • Paroníquia (“unheiro”): o contorno ungueal fica inflamado, dolorido, inchado e avermelhado e, por consequência, altera a formação da unha, que cresce ondulada e com alterações da superfície. 

Tratamento

O tratamento é basicamente realizado através do uso de cremes, loções ou até mesmo em forma de esmaltes. Em alguns casos mais graves, o tratamento poderá necessitar do uso de medicamento via oral. O tipo do tratamento também irá depender do tamanho da infecção. Por isso, procure um especialista, tire suas dúvidas e inicie já o seu tratamento.