Atualizado em: 4 novembro 2013


Sintomas de Infarto do Coração

Saiba tudo sobre o infarto e todos os sintomas. Todas as informações que você precisa saber para se prevenir e para saber como se cuidar. Todas as dicas para você.

O coração é a parte mais importante do nosso corpo e necessita de cuidados especiais e de atenção. É essencial realizar exames periódicos para saber como anda o seu coração. Nada melhor do que fazer um check-up sempre e ficar aliviado por estar tudo em ordem e mesmo que encontre algo de errado, realizando consultas com frequência, qualquer alteração será descoberta no início, sendo assim, mais fácil o tratamento e com melhor prognóstico. Mesmo com tantos incentivos para que a população cuide bem do seu coração, muitas pessoas ainda sofrem infartos e sofrem com a diabete. E o que mais tem assustado a todos, é que muita gente nova tem infartado.

O infarto

O infarto acontece quando não chega sangue ou chega em pouca quantidade a um determinado local do músculo cardíaco. Normalmente, isso acontece por obstrução ou contração parcial ou totalmente das artérias coronárias. Sem muito sangue ou sem nenhum sangue, o músculo cardíaco acaba sofrendo uma injúria irreversível, ou seja, falta nutrientes e oxigênio que estão contidos no sangue. Quando isso ocorre, o coração para de funcionar e isso pode levar a morte súbita ou a insuficiência cardíaca, que vai debilitando cada vez mais o portador.

Uma das causas de morte mais frequente tem sido o infarto. O infarto pode afetar tanto pessoas com problemas nas coronárias, como pessoas com coronárias sadias. Isso ocorre através de um súbito espasmo que ocorre e também interrompe o fluxo de sangue. A obstrução das coronárias pode ocorrer pela alta ingestão de gorduras que são responsáveis pela formação de placas na parede dos vasos, levando assim a um infarto.

Sinais de Infarto

  • Existem alguns sinais que indicam o infarto, alguns são:
  • Pressão e desconforto.
  • Dor no centro do peito que acaba irradiando para os ombros, para o queixo, pescoço e braços, sendo predominante no braço esquerdo (lado que o coração está mais localizado).
  • Sensação de desmaio, suores e falta de ar.

Tratamento

O tratamento após o infarto é medicamentoso e basicamente fisioterapêutico. É aconselhável após o infarto que o médico faça:

  • Inalação de oxigênio, para melhor oxigenação no músculo cardíaco.
  • Aspirina, para prevenir formação de trombos ou coágulos sanguíneos.
  • Nitroglicerina: trata-se de um medicamento utilizado para reduzir a sobrecarga de trabalho do coração e melhorar o fluxo de sangue pelas artérias coronarianas.
  • Tratamento da dor torácica com analgésicos. A presença da dor pode piorar um quadro de infarto agudo do miocárdio.

A fisioterapia atua no tratamento com exercícios respiratórios para melhora da caixa torácica, com exercícios leves e moderados e orientações sobre reeducação de hábitos alimentares e físicos.

 


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook