Modificado em: 16 fevereiro 2012

Fotos de Hemangioma - Doença, Causa e Tratamento

Como toda a doença, é necessário estar sempre em busca da cura e dos melhores tratamento possíveis, e mais, se tratando dos hemangiomas, existem alguns procedimentos que devem ser feitos pra tratá-los!
Fotos de hemangioma

Foto: (Divulgação/ Hemangioma).

Para quem não sabe, o mundo hoje em dia, está cheio de doenças, algumas tão desconhecidas que nem todos sabem como realmente poderão tratá-la.

A Hemangioma

Para os que nunca ouviram falar das Hemangiomas, é o seguinte, trata-se de um tipo de problema que afeta as pessoas em sua maioria quando bebês.

Esta doença, para quem nunca ouviu falar, tratam-se de pequenos tumores benignos formados por vasos sanguíneos enovelados, a doença surge geralmente quando ocorre a formação do embrião, onde, antes mesmo de nascer o bebê poderá ter o ou melhor dizendo, alguns tumores espalhados em diversos órgãos, entre eles a pele e o fígado.

Sabe quando vemos algumas crianças com manchas de nascimento vermelhas, pois bem, elas normalmente são causadas por hemangiomas na pele.

De acordo com pesquisas, o hemangioma permanece inalterado após o nascimento, podendo crescer mas raramente causa algum sintoma, principalmente quando está localizado no fígado, onde lá pode ser encontrado geralmente ao acaso, por algum exame (ultrassonografia, tomografia ou ressonância) realizado por outro motivo.

Causas

Como toda a doença, é necessário estar sempre em busca da cura e dos melhores tratamentos possíveis. Em relação os hemangiomas, existem alguns procedimentos que devem ser feitos pra tratá-los.

De acordo com informações, ela é comprovada e diagnosticada por alguns exames de imagem que, após algum tempo, através de estudos, os profissionais descobrem o que realmente é.

Existem, como vocês poderão ver à seguir, imagens de hemangiomas gigantes que comprimam outros órgãos ou que cresçam muito podem necessitar de cirurgia, mas isso é raro. O que se aconselha é fazer exames anuais para avaliar o tamanho do tumor.

Tipos da Hemangiomas

  • Hemangioma infantil: neste caso, a doença, pode estar presente ao nascimento do bebê, onde podem aparecer no primeiro ano de vida. Sendo neste caso, o hemangioma infantil poderá surgir no em qualquer região do corpo, inclusive órgãos internos.
  • Angioma rubi: pequenas “bolinhas” vermelhas semelhantes a pedras de rubi que surgem principalmente no tronco de indivíduos de ascendência ibérica ao longo da idade adulta. Costumam aumentar em número e tamanho ao longo dos anos.
  • Granuloma piogênico: são tumores de cor vermelho vivo que sangram com facilidade e crescem rapidamente, em muitos casos, são dolorosos. O granuloma piogênico, ele pode surgir principalmente nos cantos das unhas dos dedões em decorrência de unhas encravadas e uso de sapatos apertados.
  • Mancha vinho do porto: sim, é isso mesmo pessoal, chamadas de manchas cores de vinho do porto ou salmão, elas estão localizadas com maior frequência na face, mesmo que apesar de não representarem um problema além da estética, se o paciente decidir que deseja removê-la, o laser costuma ser a melhor opção.
  • Angioma estelar: são pequenas dilatações vasculares que formam “braços” a partir de um ponto central. Também são chamados de aranhas vasculares (nevus araneus) devido à semelhança de formato com o animal.

Mais Fotos

O Tratamento dos Hemangiomas

Como já citamos acima, são muitos os casos que contagiam as pessoas com os hemangiomas, estando eles, divididos em algumas fases nas quais, cada uma se prolifera de maneira diferenciada, mas que enfim, são todas citadas como tumores que podem se manifestar na pele das pessoas, desde criança, até os mais velhos!

O tratamento de lesões pequenas é fácil, podendo ser utilizada a eletrocoagulação ou a excisão e sutura das lesões. Outro procedimento também muito utilizado para o tratamento dos hemangiomas é a criocirurgia. É importante que o médico que esteja realizando o procedimento esteja atento ao sangramento e tenha a mão os equipamentos necessários para a contenção deste.

Os hemangiomas maiores podem precisar de retalhos ou enxertos para sua correção. O uso de lasers é uma boa opção para lesões de difícil manejo, devendo-se sempre observar o custo, o número de sessões e a adequada aparelhagem.

O hemangioma infantil tende a regredir espontaneamente em alguns anos e, a não ser em casos específicos, não necessita de tratamento. Veja mais informações sobre o hemangioma infantil. Para saber mais detalhes, acesse aqui!


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook