Atualizado em: 15 setembro 2011

Gravidez - Gestação após Aborto Espontâneo

A gravidez é um momento muito especial na vida de qualquer mulher e sofrer um aborto espontâneo é muito triste, acompanhem!

A gravidez é um momento muito bonito pelo qual as mulheres passam em algum momento da vida, porém a gestação deve ser uma época de muitos cuidados para que tudo aconteça da melhor forma. Muitas vezes, mesmo a mulher tomando todos os cuidados e indo regularmente ao médico, ela pode infelizmente sofrer um abordo espontâneo, que é o tema deste artigo.

O aborto espontâneo é o termo usado pelos médicos para designar quando ocorre um aborto, ou “final” na gravidez antes que seja completada a vigésima semana.

publicidade:

Esta realidade é vivida por 20% das mulheres que engravidam e sofrem aborto nas primeiras semanas de gravidez, ou antes, mesmo de saberem que estão grávidas.

As causas que levam ao aborto espontâneo são difíceis de serem diagnosticadas, porém em alguns casos ele ocorre quando existem anomalias que impedem o feto de desenvolver-se ou então ele nem chega a desenvolver.

Outras vezes alguns problemas no próprio útero podem levar ao aborto espontâneo, mais seja qual for à causa é muito difícil de ser explicada.

Se você já passou por essa situação, não pense que tudo está perdido, procure o seu médico, veja se está tudo bem e volte a tentar engravidar.

Primeiramente é aconselhável que esperem cerca de um mês para iniciar as tentativas, assim você dará chance e espaço para que seu corpo volte a ficar normal e saudável para receber outro bebezinho.

Se o caso for de uma perda no começo da gravidez, os médicos aconselham que faça este repouso mais que não são necessários que se aprofunde no caso para ver quais foram os motivos, a única coisa é que é necessário esperar a primeira menstruação ou então o ciclo menstrual completo, que forma um mês, como já foi dito, após o aborto espontâneo e você já poderá voltar a tentar.

Porém se a sua perda ocorreu quando a gravidez já estava em um período avançado é preciso saber exatamente as causas e às vezes se tratar e curar o que estiver de errado antes de voltar a pensar em ter um filho.

Depois de ir a um médico e seguir todas as recomendações, é preciso que você se prepare psicologicamente e entenda que a perda foi algo doloroso mais que agora você tem uma nova chance de construir sua família, por isso converse com seu parceiro e sua família, procure o seu médico, converse com suas amigas e tenha sempre em mente que a parte sentimental também irá influenciar muito na nova gestação.

Tome todos os cuidados necessários, faça o pré-natal, fique bastante de repouso e em caso de qualquer sintoma diferente corra já para o seu médico e assim seu bebê nascerá saudável e você finalmente se sentirá completa e realizada, afinal ser mãe é algo realmente mágico!

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook