Atualizado em: 7 março 2012

Gases Intestinais - Como Evitar e Tratamento

Eles incomodam e são extremamente desagradáveis, porém é possível evitar e tratar os gases intestinais
Você Sabia?
Arrotos crônicos, aqueles constantes e com muito ruído podem significar um problema gastrointestinal, o ideal é ficar atento para descobrir as causas. Dentre esses males estão a úlcera péptica, gastroparesia ou refluxo gastroesofágico, isso não é normal, procure um médico.
Gases intestinais

Descubra como evitar e tratar o problemas com os gases intestinais (Foto: Divulgação)

Os gases intestinais estão presentes em todos os seres humanos que os eliminam de duas formas. A primeira é pelo arroto e a segunda através do reto, eles podem ser causados por causa do excesso de ar engolido ou porque algum alimento não foi devidamente digerido e absorvido pelo intestino delgado.

Eructação

publicidade:

Talvez você esteja se perguntando o que é eructação, que termo pode ser esse. Eructação é a liberação dos gases intestinais pela boca e pode acontecer sempre que uma pessoa se alimenta, masca chicletes, fala com a boca seca ou dorme com ela aberta, respira com dificuldade, entre outras causas.

Segundo informações do site ABC Saúde um ser humano normal libera em média de meio a um litro de gases por dia, caso isso ocorra em maior quantidade, recomenda-se a orientação de um médico.

Flatulência

Nessa situação os gases intestinais são liberados pelo reto, é o que a maioria conhece como “pum” ou “peido”. Aqui os gases se acumulam muito mais devido a ingestão de alimentos como: o feijão, a soja, a couve-flor rabanete, entre outros.

É normal quando uma pessoa flutua até 20 vezes por dia, mas se a quantidade de flato for excessiva e o odor também, é imprescindível que se procure um especialista, as funções do intestino podem estar debilitadas e os alimentos não estão sendo devidamente processados.

Como se evitar tratar dos gases intestinais

Na realidade o ideal é evitar comer muito rápido, conversar fazendo alguma refeição, ingerir bebidas que contenham muitos gases, beber com canudo, ou seja, mudar o hábito alimentar. Muitas vezes quando se ingere um tipo de alimento que não faz bem ao organismo, é possível perceber isso depois de algumas experiências, faça o possível para eliminar essas coisas.

Evite também a lactose e a frutose que podem ajudar na fermentação do intestino e levar a uma maior produção de gás.

Reeducação alimentar

Mudar a alimentação eliminando o excesso de carboidrato e os produtos que acumulam gás é a melhor saída para evitar o acúmulo de gases intestinais (Foto: Divulgação)

O primeiro passo recomendado é apostar na mudança da dieta alimentar e nos hábitos, só se essa opção não funcionar os remédios podem entrar em ação, sempre com prescrição de um médico. Os mais indicados são os que têm simeticona em suas composições, pois ajuda a juntar as bolhas de gás, assim elas são liberadas mais facilmente.

Não existe nenhum tratamento à base de remédios que possa ser tão direcionado e eficaz assim para esse problema, o que se tem notado é que a reeducação alimentar tem sido a melhor saída.

Receita caseira para evitar gases e cólicas

Ingredientes

Uma colher (sopa) de sementes secas de coentro

Uma xícara (chá) de álcool de cereais a 60%

Preparo

Extraia o sabor das sementes co coentro deixando-as submersas no álcool de cereal e coe a mistura.

Para beber, pingue 20 gotas da mistura em um copo com água.

Você também vai gostar disso:

Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook