Atualizado em: 22 abril 2010


Formigamento nas mãos

Tudo começa com um incomodo nas mãos. Depois o mal estar vai ficando mai intenso e começam os amortecimentos nas mãos Quando isso acontece, tem quem se desespere achando que está com problemas cardíacos.

Porém o problema que leva ao formigamento nas mãos não vem do coração, mas sim com cansaço, depressão, sistema nervoso, irritação, estresse emocional e outros problemas que acontecem diariamente na vida de todo mundo.

O problema é que algumas pessoas vão “guardando” estes problemas e quando o organismo fica saturado começam a aparecer sensações e dores nas mãos e também pode ser em outro lugar, como pescoço, pernas, etc.
Na medicina, o nome dessa doença é fibromialgia, e que não deve ser vista apenas como um problema de saúde que pede tratamento, mas algo além que requer controle.

A pessoa com tendência a esta doença apresenta os sintomas ao longo da vida, na dependência de uma gama de fatores físicos e emocionais. Nesse contexto, as manifestações devem ser tratadas na direta proporção de sua gravidade.

Os tratamentos, porém, para esta anomalia orgânica são: exercícios para alongamento e fortalecimento muscular, assim como para condicionamento cardiorrespiratório, técnicas de relaxamento para prevenir espasmos musculares.

Também é bom manter hábitos saudáveis para diminuir o estresse e remédios, prescritos pelos médicos, para o controle da dor e dos distúrbios do sono.

Os exercícios físicos são tratamentos que ajudam a controlar o tônus muscular, aliviam a sensação de dor e tudo isso deve ser aliado à regulação das horas de trabalho e lazer, vigília e sono. O relaxamento, não apenas físico, mas também mental é importante na abordagem da fibromialgia.

Toda essa série de cuidados vai melhorar e muito a qualidade de vida das pessoas que sofrem com os formigamentos nas mãos. São com esses cuidados que se pretende romper com o círculo vicioso constituído por dor, estresse, depressão e distúrbios do sono.


Conte-nos o que achou da matéria usando o facebook